Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Política

Políticos se reúnem para tratar da reforma da Previdência

Rodrigo Maia recebe presidentes dos três Poderes em almoço na residência da Câmara

16 março 2019 - 11h10Agência Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, recebe neste sábado (16), os chefes dos três Poderes em um encontro na residência oficial da Casa. Foram convidados para um almoço, às 13h os presidentes da República, Jair Bolsonaro; do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli; e do Senado, Davi Alcolumbre. Entre os assuntos da pauta está a reforma da previdência e a mudança nas regras na aposentadoria dos militares.

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o deputado federal Felipe Francischini (PSL-PR), que vai comandar a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. A tramitação da reforma da Previdência começa no colegiado, que analisa a admissibilidade da Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

Segundo o líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), cinco nomes são considerados para relatoria da medida. Sem adiantar nomes, para não gerar "ansiedades", o deputado disse que os candidatos ao posto pertencem a partidos variados e são todos favoráveis à admissibilidade da PEC.

A escolha do relator é uma atribuição do presidente da CCJ. Segundo Francischini, será adotado um critério técnico nessa definição. "O critério que eu vou adotar é estritamente técnico, tem que ser uma pessoa com ampla capacidade jurídica e, de preferência, que tenha uma experiência já na Casa", afirmou.

A primeira reunião da CCJ será na próxima terça-feira (19), mas o presidente do colegiado descartou iniciar os debates sobre a reforma da Previdência antes da apresentação, pelo governo, do projeto de lei que altera as regras na aposentadoria dos militares. "A primeira reunião vai ser uma pauta com itens normais, principalmente itens que já estavam na pauta do ano passado. A gente vai aguardar a vinda dos projetos dos militares para que possamos, então, designar o relator e ele possa preparar seu voto", disse Francischini.

Senado

O presidente do Senado criou uma comissão especial para acompanhar a tramitação da reforma da Previdência na Câmara. A instalação do colegiado está prevista para a próxima terça-feira (19). A comissão é composta por nove titulares com igual número de suplentes e será presidida pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), com relatoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

O objetivo da comissão é mostrar aos deputados as divergências e expectativas dos senadores para que o texto seja aprovado na Câmara com os principais pontos já pacificados. Como proposta de emenda constitucional não tem Casa revisora enquanto sofrer alteração de mérito, o texto passa da Câmara para o Senado e vice-versa, até que não seja mais modificado. Para evitar esse vai e vem da PEC, a ideia é que os senadores aprovem o texto analisado pelos deputados.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Após críticas, Bolsonaro altera decreto de posse de armas
Política
Acordo entre a Câmara e Senado votará MP que reduz ministérios
Política
Políticos não poderão mais usar milhas de passagens aéreas
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações
Política
Para presidente do PSL, Bolsonaro não precisa de manifestações
Política
Nelsinho preside audiência pública para preservação ambiental em Bonito
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas
Política
TRE-MS e Assembleia assinam termo de cooperação audiovisual
Política
Blal Dolloul, de MS, está entre os dez candidatos à PGR
Política
Coronel David pede reparo em câmeras de rodovia

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas