Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Economia

Governo intensifica campanha de esclarecimento sobre Previdência

Presidente estará em peças informativas da reforma

09 março 2019 - 12h50Agência Brasil

O governo federal vai intensificar a campanha de esclarecimento da população sobre a reforma da Previdência. O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros,  afirmou na sexta-feira  (8) que a determinação do presidente Jair Bolsonaro é informar a população sobre os principais pontos da proposta do governo, apresentada ao Congresso no mês passado.

“O presidente Jair Bolsonaro determinou a intensificação da estratégia de comunicação da nova previdência por todos os meios disponíveis […]. Os principais pontos a destacar: quem ganha menos paga menos; quem ganha mais paga mais; idade mínima para todos; todos vão contribuir; os direitos estão garantidos e haverá regras de transição”, disse Rêgo Barros.

A ideia é que o slogan da campanha - Nova previdência. É para todos. É melhor para o Brasil -  seja mais difundido em televisão, rádio e redes sociais. “Vamos usar, naturalmente, as mídias sociais, que é uma característica do nosso presidente, as mídias sociais do Planalto, integradas à mídia do nosso presidente. Nós vamos usar a disponibilidade de informações por meio da televisão, rádio, jornal”, afirmou o porta-voz.

Bolsonaro será o principal personagem da campanha de esclarecimento à sociedade sobre a reforma da previdência. “O presidente, naquilo que lhe couber, assumirá a liderança dessa comunicação. Ele entende que seu cargo é de extrema responsabilidade e, naturalmente, o seu rosto facilitará o entendimento junto à sociedade”.

O governo pretende mostrar que os mais pobres serão mais beneficiados pela reforma da Previdência. Segundo Rêgo Barros, estudos da equipe econômica apontam que a implantação da “nova previdência” tem potencial para geração de 8 milhões de empregos e um aumento de R$ 5,8 mil no Produto Interno Bruto (PIB) per capita (por membro da família) até 2023. Além disso, a economia gerada pelas novas regras será de R$ 1,2 trilhão em dez anos, segundo projeção do Ministério da Economia.

Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Coronavírus muda sistema de negócios no comércio exterior
Economia
MS ocupa 3° lugar em ranking de Estados que mais investem, aponta Ipea
Economia
Bancos passam a cobrar dólar do dia da compra com cartão
Economia
Carnaval deve movimentar R$ 8 bi na economia por causa do turismo
Economia
Mega-Sena acumula e próximo sorteio é de R$ 200 mi
Economia
Dolár bate recorde histórico de cotação e chega a R$ 4,40
Economia
Arrecadação de impostos de R$ 174,9 bi é recorde para mês de janeiro
Economia
Inflação no comércio em fevereiro é a menor em 26 anos
Economia
Dólar alivia e apresenta queda singela na última semana
Economia
Receita inicia nesta semana a restituição do lote residual do IRPF

Mais Lidas

Polícia
Operação piracema tem mais de 800 kg de pescado apreendido
Clima
Mais de 10 cidades de MS estão em estado de alerta para fortes chuvas
Cidade
Prefeitura inicia ações no trânsito para defender a fauna silvestre
Economia
Coronavírus muda sistema de negócios no comércio exterior