Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Saúde

Brasil enfrenta desafios para controlar mercúrio na natureza

Contato com o metal líquido é prejudicial ao meio ambiente e à saúde humana

08 dezembro 2018 - 16h52Da redação com Agência Brasil

O Brasil enfrenta desafios para controlar o lançamento de mercúrio na natureza e eliminar o uso da substância em alguns setores da indústria, mostra levantamento da WWF-Brasil, divulgado neste sábado (8). O contato com o metal líquido é prejudicial ao meio ambiente e à saúde humana, podendo causar danos aos sistemas nervoso, digestivo e imunológico.

A organização estima que a atividade ilegal de garimpo de ouro libera entre 7,5 e 60 toneladas de mercúrio por ano nas águas e solos de importantes ecossistemas do país. A exploração também provoca a liberação de um volume ainda maior de mercúrio na atmosfera, de acordo com o levantamento.

O estudo foi feito em parceria com a ONU Meio Ambiente e indica que pesquisas científicas já registraram a contaminação de pessoas e peixes na Amazônia. No ano passado, um dos estudos do WWF revelou que 81% dos peixes coletados na região do Parque Nacional Tumucumaque, no Amapá, estavam contaminados com mercúrio.

Apesar de o Brasil não produzir mercúrio metálico, o país importou no prazo de dez anos (antes de ratificar a convenção) mais de 88 toneladas da substância.

Dados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), órgão responsável pelo controle do comércio de mercúrio metálico no país e pela concessão da licença para importar o metal, mostram que as importações caíram de 210,2 toneladas (no início dos anos 2000) para 51,7 toneladas entre 2014 e 2016. No ano passado, Brasil importou cerca de 26 toneladas de mercúrio.

Em março deste ano, o Ibama e a Receita Federal impediram que uma empresa odontológica, considerada a maior importadora de mercúrio do país, situada em Joinville, recebesse da Turquia um volume de 1,7 tonelada do metal. Parte do produto teria como destino o garimpo ilegal. A apreensão ocorrida no Porto de Itajaí foi a segunda maior feita pelo Ibama.

Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Prefeitura capacita trabalhadores para combate ao Aedes aegypti
Saúde
Sesau divulga resultado final da prova de residência
Saúde
Fumacê passará em quatro bairros nesta quinta
Saúde
Saiba onde pediatras e clínicos atenderão nesta manhã na capital
Saúde
Grupo de brasileiros tem exames negativos para novo coronavírus
Saúde
Fumacê passará em três bairros nesta quarta
Saúde
Prazo de matrícula para residência multiprofissional termina nesta quarta-feira
Saúde
Fumacê passará em quatro bairros nesta terça
Saúde
Prefeitura divulga gabarito das provas para residência multiprofissional
Saúde
Casos de "doença do beijo" aumentam depois do Carnaval

Mais Lidas

Polícia
Polícia Civil prende suspeito de estuprar enteada de oito anos
Cidade
Carnaval começa na capital e Cordão Valu proibe garrafas de vidro
Geral
Comitê diz que Brumadinho tinha problemas há 25 anos
Brasil
Contra assédio, 99 dá desconto em corridas à Delegacia da Mulher no Carnaval