Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Saúde

Estudo revela que Covid pode causar estresse pós-traumático

Essa foi a constatação de um estudo chinês publicado no periódico científico Neurobiology of Stress

14 setembro 2021 - 18h56Brenda Assis

Nem todo mundo que pega Covid-19 e se cura sai da experiência com o emocional intacto. Aliás, a maioria não sai. Essa foi a constatação de um estudo chinês publicado no periódico científico Neurobiology of Stress.

Os pesquisadores investigaram o cérebro e como as pessoas que venceram a doença lidavam com o seu estado emocional e descobriram que a maioria delas desenvolveu estresse pós-traumático e padrões anormais de conectividade cerebral.

Os estudiosos também relataram casos de alteração nas funções sensoriais e motoras na maioria dos 50 voluntários da pesquisa que contraíram o novo coronavírus entre fevereiro e março de 2020, em Wuhan, na China. Eles foram avaliados depois de seis meses, quando saíram do hospital e retornaram às suas residências. O grupo passou por exames de ressonância magnética cerebral e por uma análise do bem-estar emocional. Os resultados foram comparados aos de outros 43 voluntários que não tiveram Covid-19.

O psiquiatra do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo, Rodrigo Leite, declarou à Agência Einstein que o estudo revela que doenças graves realmente prejudicam a saúde mental. “Pessoas que permaneceram muito tempo em terapias intensivas ou que tiveram grande risco de morrer desenvolvem estresse pós-traumático com maior intensidade”, afirmou o médico.

Sinais de estresse pós-traumático

Quando uma pessoa passa por um trauma, como um acidente, uma doença grave ou uma situação que cause um grande impacto emocional, geralmente se desenvolve o estresse pós-traumático.

Os principais sintomas, segundo os especialistas, são relativos à vivência dos fatos que o marcaram ou causaram o trauma, deixando a pessoa em constante estado de alerta e causando alterações do sono, irritabilidade, falta de apetite e aumento do consumo de drogas e bebidas alcoólicas. A frequência desses sintomas pode acarretar ainda em ansiedade, síndrome do pânico e depressão.

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Capital segue com vacinação da 3ª dose para pessoas com 60 anos ou mais
Saúde
Capital ultrapassa 70% da população vacinada contra a covid-19
Evento
‘Cooperar Animal Day’: Drive-thru arrecada ração e vacina cães e gatos no sábado
Saúde
Variante Delta já causa 95% dos casos de covid-19 em São Paulo
Saúde
PL que proíbe consentimento de cônjuge para implantação de 'DIU' é aprovado
Saúde
Fiocruz reforça tendência de queda na ocupação de leitos da Covid
Saúde
MS terá campanha de multivacinação em crianças e adolescentes no mês de outubro
Saúde
Estado pretende aplicar 275 mil doses de vacina contra a Covid-19 em sete dias
Saúde
Três UPAs não tem atendimento pediátrico nesta quinta; confira
Saúde
Butantan pode ser multado em R$ 30 milhões por possíveis irregularidades em venda de vacinas

Mais Lidas

Geral
Vídeo: "Peixe de bosteiro", morador de rua engana população de Paranaíba
Polícia
Menino de 2 anos mata prima atropelada após dar partida em carro
Polícia
Funcionários da Energisa ficam sob mira de arma ao tentar podar árvores na Vila Olinda
Polícia
Operação “Dark Money” investiga desvio de R$ 23 milhões no esquema de corrupção em Maracaju