Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Saúde

Mandetta quer redução de gastos no Ministério da Saúde

O ministro falou também que quer foco na atenção básica e saúde indígena

02 janeiro 2019 - 16h53Da redação

Durante a transmissão de cargo, o novo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que sua gestão será marcada pela redução de gastos. “Cada centavo economizado por esse ministério tem que ir para o objeto fim, que é a assistência. Não dá pra gastar dinheiro sem saber”, destacou.

Iniciando seu discurso, lembrando-se de sua infância em Campo Grande, sua formação e trajetória até a posse, agora como ministro, Mandetta recordou de quando o então candidato a Presidência da República, Jair Bolsonaro, o procurou para tomar conhecimento das demandas no setor da Saúde. “Disse a ele algumas de nossas teses mais caras, mais intensas, foi o único candidato que colocou em seu plano de governo que, para estruturar o SUS, nós trabalharemos com carreira”, ressaltou.

Com o desafio proposto pelo presidente, o ministro disse que vai, junto com sua equipe, cumprir um "desafio constitucional". “Saúde é um direito de todos e um dever do Estado, não tem retrocesso, não tem volta da nossa máxima constitucional, nós vamos cumprir a Constituição Brasileira”, reforçou.

Mandetta ressaltou que a atenção básica, as demandas primárias da saúde pública, será o norte do Sistema Único de Saúde. “Meu compromisso com a atenção básica é integral durante esse período no ministério”, afirmou. O ministro também falou sobre a saúde indígena onde defendeu um debate para melhorar o atendimento aos índios. “Acho que já erramos muito nesses 500 anos de história com a população indígena e não devemos mais errar por não assumirmos que temos que fazer um sistema extremamente humanitário, racional e tratar os índios como personagens e cidadãos do seu tempo”, concluiu.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Segunda será exclusiva para D2 da Astrazeneca na Capital
Saúde
Lote com 97.500 doses de vacina contra covid chegam hoje a MS
Saúde
Jovem de 17 anos, sem comorbidades, está entre as 38 vítimas da covid em 24h
Saúde
Esta semana, MS e CG terão mais vacinas
Saúde
Pessoas com 46 anos, poderão vacinar amanhã
Saúde
Brasil atinge a triste marca de 500 mil mortes por Covid
Saúde
Mortes por covid voltam a subir, aponta boletim
Saúde
Pessoas de 47 anos podem se vacinar contra Covid neste sábado em Campo Grande
Saúde
Mais 48 pessoas morrem de covid em MS nas últimas 24h
Saúde
População de Dourados é orientada a não procurar mais vacinas no drive

Mais Lidas

Polícia
Mulher é levada para dentro da mata por bandidos e morta com tiro na cabeça
Polícia
Casal briga e vizinho tenta intervir mas passa mal e morre
Saúde
Jovem de 17 anos, sem comorbidades, está entre as 38 vítimas da covid em 24h
Saúde
Lote com 97.500 doses de vacina contra covid chegam hoje a MS