Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Saúde

SUS passa a oferecer terapias para doenças raras

Medicamentos para as mucopolissacaridoses IV A e VI serão oferecidos pelo SUS

26 dezembro 2018 - 17h49Da redação com assessoria

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (Conitec) junto ao Sistema Único de Saúde (SUS) aprovou novas opções de cuidado para quem sofre de doenças raras no Brasil. A decisão de incorporação beneficiará centenas de pacientes que não precisarão mais recorrer à judicialização para conseguir tratamento.

“Essa é uma conquista para milhares de famílias que, após anos em busca de um diagnóstico, travaram uma longa batalha para conseguir o tratamento para as doenças de seus filhos”, conta a Dra. Carolina Fischinger, membro da Sociedade Brasileira de Genética Médica. “A partir de agora, todo paciente com o diagnóstico desses tipos de MPS terá também acesso a essas terapias no SUS de forma estruturada”, reforça.

A ausência de acesso a terapias para o tratamento das doenças raras é uma realidade na vida de centenas de pacientes, mas após um longo processo marcado pelo forte engajamento e participação de associações de pacientes, esse cenário muda para as mucopolissacaridoses IV A e VI.

“Esses grupos desenvolvem um trabalho extremamente importante para os pacientes e familiares. Além da orientação e acolhimento, são eles que mobilizam a sociedade e conquistam a visibilidade necessária para que medidas como a incorporação de medicamentos no SUS sejam viabilizadas”, complementa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Coronavírus: União reconhece MS como Estado de Calamidade Pública
Saúde
MS tem mais cinco pessoas com coronavírus; todas de Três Lagoas
Saúde
SES realiza a distribuição de testes rápidos para coronavírus
Saúde
MS receberá cloroquina para 12 municípios
Saúde
Reinaldo alerta para necessidade de melhorar isolamento
Saúde
OMS alerta sobre afrouxamento das medidas contra coronavírus
Saúde
Mato Grosso do Sul tem 80 casos confirmados de coronavírus
Saúde
Terça-feira terá 15 pediatras e 49 clínicos atendendo pela manhã na capital
Saúde
Mandetta permanece na Saúde
Saúde
Mais uma idosa morre de coronavírus em MS

Mais Lidas

Cidade
Abertura de academias só será definida na próxima semana
Cidade
Estado lança plataforma para mulheres em situação de violência
Política
Conselho do Direitos da Mulher repudia fala do vereador Delegado Wellington
Cidade
Marquinhos ameaça parar transporte público se continuar com passageiros em pé