Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Saúde

UPAs terão 16 pediatras atendendo pela manhã e a tarde, veja onde encontrá-los

Três unidades contam com atendimento especializado infantil durante o dia na capital

09 agosto 2020 - 09h22Sarah Chaves

A escala de médicos e pediatras nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), neste domingo (9), em Campo Grande, conta com 48 clínicos gerais e 16 profissionais de atendimento infantil no período da manhã.

Todas as unidades de UPAs e Centros Regionais de Saúde (CRS’s), terão o clínico geral nesta manhã. Já os pediatras podem ser encontrados nas unidades do Vila Almeida; Universitário e Leblon.

Já no período da tarde, as UPAs que contam com pediatras no atendimento são apenas três novamente, sendo Leblon com seis pediatras; Vila Almeida e Universitário com cinco.

O quadro de clínico geral é completo em todas as unidades, com 47 médicos atendendo durante a tarde na capital e 49 durante a noite.

Durante a noite o quadro de pediatras aumenta e passa a contar com 31 profissionais atendendo o público infantil. 

Confira:


Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Ministério da Saúde lança guia de orientações para volta das aulas presenciais
Saúde
Brasil passou das 135 mil mortes por covid-19 e acumula 4,4 milhões de casos
Saúde
MS registra 14 óbitos e 649 novas infecções de Covid-19
Saúde
China tem bactéria vazada e contamina mais de 3.000 pessoas
Saúde
Saiba quais UPAs contam com clínico geral e pediatras neste sábado
Saúde
Ministro do turismo é o 9º da equipe de Bolsonaro a testar positivo para covid-19
Saúde
MS registra 1.023 mil casos de coronavírus em 24h; 514 foram na capital
Saúde
Quinze pediatras atenderão nas unidades de saúde da capital nesta manhã
Saúde
MS registra 11 óbitos e 831 novas infecções de Covid-19
Saúde
Veja quais UPAs contam com clínico geral e pediatras nesta quinta

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Armado, prefeito de Rio Verde bate boca com manifestantes
Fim de Semana
Live deste sábado terá Naiara Azevedo e mais
Oportunidade
PMA de Amambai autua infrator em R$ 5,5 mil por desmatamento ilegal
Geral
Luísa Sonza está sendo processada por suposto ato racista