Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99647-9098
Governo - campanha estado que cresce - Topo
Tecnologia

Robô Curiosity começa dia em Marte ao som de rock e Beatles, diz Nasa

20 agosto 2012 - 10h08AFP

A agência espacial americana (Nasa) revelou na última sexta-feira (17) que o robô Curiosity é "acordado" todos os dias em Marte ao som de bandas de rock dos anos 1960, como Beatles e The Doors, além de Frank Sinatra e músicas de trilha sonora de filmes.

A informação foi divulgada por um dos técnicos da Nasa, Eric Blood, durante uma sessão de perguntas em um fórum da internet, o "Reddit". O robô tende a agir de forma "menos excêntrica" com uma boa música pela manhã, disse Blood aos usuários do fórum.

A trilha sonora matinal do Curiosity é formada por "Good Morning Good Morning", dos Beatles; "Break on Through", do The Doors; "Come Fly With Me", do Frank Sinatra; "Wake Up Little Susie", do Simon and Garfunkel; "Echelon", do 30 Seconds to Mars; e "Got the Time", do grupo de rock pesado Anthrax.

Há ainda canções de filmes, como os temas de "Missão Impossível" e "Star Wars" ("Guerra nas Estrelas", na tradução do inglês), a música "Good Morning", do musical "Dançando na Chuva", e a música clássica "A Cavalgada das Valquírias", do compositor alemão Richard Wagner.

A equipe que cuida do jipe-robô é formada por 250 cientistas e cerca de 160 engenheiros, de acordo com informações dos especialistas no "Reddit".

Outro técnico, Magdy Bareh, disse que os membros do grupo trabalham em média há cinco anos no projeto Curiosity, mas que há pessoas envolvidas há uma década com o jipe-robô.

Raio laser
Neste domingo, o robô disparou seu laser pela primeira vez em Marte. O robô usou o raio de um instrumento científico para analisar uma rocha do tamanho de um punho, chamada "Coronation".

O instrumento de química e câmera da missão (ChemCam) bateu na rocha durante um período de 10 segundos com 30 pulsos de seu laser. Cada pulso oferece mais de um milhão de Watts de energia por cerca de cinco bilionésimos de segundo.

A energia do laser excita os átomos na rocha, gerando um plasma ionizado, brilhante. A ChemCam pega essa luz com um telescópio e analisa com três espectrômetros para obter informações sobre quais os elementos estão no objeto-alvo.

Via G1

Peniel - amigos da pizza

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
Rui Barbosa receberá fibra ótica e pontos de wi-fi gratuito
Tecnologia
Governo retira limite para financiar projetos de telecomunicações
Tecnologia
Com um novo visual, Facebook vai remover total de curtidas das páginas
Tecnologia
Bolsonaro sanciona Lei de incentivo à “internet das coisas”

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio