TJ outubro-18 - interna
PolíciaAcusado de estupro, Maggayver tentou matar esposa e filha queimadasO autor tem passagens por ameaça e perturbação da tranquilidade, segundo a Polícia Civil
Da redaçãoquinta, 13 de setembro de 2018 - 15:28

Maggayver Corrêa Gonçalves, 32 anos, autor confesso da tentativa de feminicídio contra a esposa e a filha de 1 ano e 3 meses [o nome das vítimas foram preservados] tem passagens por mais quatro crimes, entre eles, estupro.

De acordo com informações da Polícia Civil, a ficha criminal de Corrêa  começou em 2006 quando foi acusado de furto, em 2008 há registro por ameaça. Em 2014, por perturbação da tranquilidade e estupro, e agora por tentativa de feminicídio.

No final da tarde de quinta-feira (13), Maggayver ateou fogo na própria esposa, uma mulher de 28 anos, após uma discussão. Informações apontam que o casal estava na residência onde moram, no Jardim São Conrado, fazendo "bife na chapa", em dado momento e por motivos ainda desconhecidos, começaram a discutir.

A esposa pegou a filha e foi para o quarto, em seguida, Maggayver foi até o quarto com um recipiente contendo solvente, jogou o produto na mulher e com um isqueiro, ateou fogo.

Grávida de três meses, a mulher teve queimaduras nos dois braços e a criança teve ambos os pés queimados. Elas foram socorridas e encaminhadas para a Santa Casa. A assessoria do hospital informou que a mãe e a filha estão na enfermaria, conscientes e orientadas e não passaram por nenhum procedimento cirúrgico.

Maggayver foi preso em flagrante e confessou o crime. O autor foi encaminhado para a Delegacia de Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) e passará por audiência de custódia.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC