Menu
Busca segunda, 28 de novembro de 2022
(67) 99647-9098
Agronegócio

Exportação de industrializados alcança resultado histórico em agosto

O setor registrou crescimento de 8% em relação ao mesmo mês de 2021

13 setembro 2022 - 10h39Taynara Menezes

A exportação de produtos industriais de Mato Grosso do Sul alcançou em agosto US$ 470,2 milhões, registrando um crescimento de 8% em relação ao mesmo mês de 2021, quando o valor ficou em US$ 434,1 milhões. Esse foi o melhor resultado já registrado para o mês em toda a série histórica conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. 

No acumulado de 2022, a receita total alcançou US$ 3,29 bilhões, proporcionando crescimento de 15% em relação ao mesmo período de 2021, quando o valor ficou em US$ 2,86 bilhões, resultando na maior receita já alcançada no período indicado.

“Quanto à participação relativa, no mês, a indústria respondeu por 68% de toda a receita de exportação de Mato Grosso do Sul. Já no acumulado do ano, a participação está em 59%”, explicou o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende.

Ainda conforme o economista, os grupos “Complexo frigorífico”, “Celulose e papel” e “Óleos vegetais e demais produtos de sua extração” responderam por 84% da receita das exportações do setor industrial no período de janeiro a agosto, sendo 33% para o primeiro grupo, 30% para o segundo e 21% para o terceiro. Logo em seguida estão os grupos “Açúcar e álcool”, com 5%, “Extrativo mineral”, com 3%, e “Metalmecânica”, com 3%.

No grupo “Complexo frigorífico”, a receita de exportações em agosto alcançou US$ 153,3 milhões, enquanto no acumulado de janeiro a agosto o valor foi de US$ 1,1 bilhão. Os principais produtos exportados foram carnes desossadas congeladas e bovino, pedaços e miudezas congelados de frango e carnes desossadas e refrigeradas de bovino. Os principais países importadores foram China, Chile, Estados Unidos, Emirados Árabes e Egito.

Quanto ao grupo “Celulose e papel”, em agosto a receita de exportações atingiu US$ 120,2 milhões e no acumulado do ano chegou a US$ 990,4 milhões. Os principais produtos comercializados foram pastas químicas de madeira e os maiores compradores foram China, Estados Unidos, Itália, Holanda e Argentina.

Já com relação ao grupo “Óleos vegetais e demais produtos de sua extração”, a receita de exportações em agosto foi de US$ 69,6 milhões, enquanto no acumulado de janeiro a agosto o resultado alcançou US$ 684,6 milhões. Os principais produtos exportados foram bagaços e resíduos sólidos da extração do óleo de soja, farinhas e pellets da extração do óleo de soja, óleo de soja bruto e óleo de soja refinado. Os principais países importadores foram Índia, Indonésia, Holanda, Venezuela e Tailândia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Mato Grosso do Sul inicia vacinação contra a febre aftosa
Agronegócio
Famasul apresenta novos projetos nesta terça-feira
Agronegócio
Colheita do milho safrinha rende 11,4 milhões de toneladas no Estado
Agronegócio
"Vazio sanitário" da soja encerra hoje em MS

Mais Lidas

Brasil
Criança morre e outra fica ferida após brincadeira com fogos de artifício
Polícia
PM apreende mulher e jovem por tráfico de drogas
Brasil
Mulher relata assédio sofrido durante sessão de tatuagem
Internacional
Americana é proibida de assistir à execução de seu próprio pai