Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Brasil

Defesa de Rose diz que suposto namorado de Gugu quer tumultuar

Thiago Salvatori quer buscar na Justiça direito por parte da herança do apresentador

14 fevereiro 2020 - 16h52Joilson Francelino, com informações do UOL

O advogado Nelson Willians, que defende a ex-companheira de Gugu Liberato, Rose Di Matteo, afirmou nesta sexta-feira (14), que, Thiago Salvático, suposto namorado do apresentador quer apenas tumultuar.

Rose luta na Justiça para ser reconhecida como esposa de Gugu e, assim, ter direito a herança. Nesta semana, Salvático também manifestou interesse no dinheiro e buscará os tribunais para reivindicar o reconhecimento de união estável e parte da herança.

Para a defesa de Rose, a lei de união estável, para ser reconhecida, precisa ser pública com o objetivo de constituir família. “Gugu nunca apresentou publicamente outra pessoa além de Rose, como sua parceira”, relembra o advogado.

 Willians ressaltou que a informação sobre o suposto relacionamento de Gugu com Thiago não interfere em nada no processo de Rose. “Só tem a finalidade de tumulto, embaraço e constrangimento”, disparou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 190 mi
Brasil
Morre, aos 83 anos, o “Zé do Caixão”
Brasil
Cid Gomes é baleado no Ceará
Brasil
Lula e Alcolumbre devem se reunir nesta quarta para falar sobre política
Brasil
Possível ganhador da Mega poderá ter R$ 440 mil, por mês, o resto da vida
Brasil
Secretário descarta privatizar Petrobras, Caixa e Banco do Brasil
Brasil
Intenção de consumo das famílias sobe em fevereiro, diz CNC
Brasil
MS configura lista de Estados com diminuição na taxa de desemprego
Brasil
Eleitores têm até maio para regularizar títulos cancelados
Brasil
CCJ aprova proibição de venda de veículos movidos a combustíveis fósseis

Mais Lidas

Geral
Deputado quer instituir “Dia da Assembleia de Deus” no MS
Polícia
Jovem é encontrado morto com corte no pescoço
Polícia
Criança é brutalmente agredida durante “esconde-esconde”
Economia
Arrecadação de impostos de R$ 174,9 bi é recorde para mês de janeiro