Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Brasil

Homem mata pai com golpes de chave de fenda

O suspeito está foragido da polícia desde que o crime aconteceu

23 setembro 2021 - 14h12Brenda Assis

David Mário Rodrigues Martinez, de 22 anos, é suspeito de matar o próprio pai, Mário Martinez Alvez, de 49 anos, com golpes de chave de fenda na noite desta quarta-feira (22), em Cuiabá, capital de Mato Grosso. As informações são do RDNews.

De acordo com o boletim de ocorrência, Mário deu entrada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Morada de Ouro já sem vida. A esposa da vítima contou que o marido discutia com David desde a terça-feira (21). Na quarta-feira, a discussão continuou, até que em certo momento o jovem pegou uma chave de fenda e deu diversos golpes no tórax do pai.

Testemunhas disseram que o suspeito ficou em casa após o assassinato. No entanto, ele não foi encontrado pela Polícia Militar durante as diligências.

O caso é investigado pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Bolsonaro sanciona mudanças na Lei de Improbidade Administrativa
Brasil
Brasil cria 313,9 mil vagas com carteira assinada em setembro
Brasil
Caso Henry: novo vídeo mostra mãe e padrasto com a criança no elevador
Brasil
Criança de 2 anos é atacada por Pitbull
Brasil
JD1TV: Durante briga no trânsito, motorista surta e quebra carro de mulher
Brasil
Prédio desaba, deixa um morto e três feridos
Brasil
Incor pede autorização à Anvisa para testes clínicos de vacina spray
Brasil
Suspensão de validade de concursos na pandemia é aprovada pela CCJ da Câmara
Brasil
A Receita Federal abriu hoje para verificação lote residual de Imposto de Renda
Brasil
Violência contra crianças: 86% dos casos são praticados por conhecidos

Mais Lidas

Internacional
Mulher mata marido a machadadas após o flagrar estuprando sua filha de 5 anos
Vídeos
JD1TV: Corna vai tirar satisfação com amante do marido e 'pau come' solto
Polícia
Em uma noite, polícia atende três ocorrência envolvendo suicídio
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente