Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Brasil

Lei de Acesso à Informação resultou em quase 17 mil pedidos em dois meses

16 julho 2012 - 09h59Reprodução

A Lei de Acesso à Informação, que completa dois meses de vigência hoje (16), já resultou em um total de 16,9 mil pedidos de informações aos órgãos públicos federais. De acordo com a Controladoria-Geral da União (CGU), 84,38% das solicitações já foram respondidas. As respostas demoram, em média, 9,42 dias.

Entre os pedidos que tiveram resposta, 82,53% foram atendidos positivamente, 1.370 solicitações foram negadas e 1.130 não puderam ser atendidas por não tratarem de matéria da competência legal do órgão demandado ou pelo fato de a informação não existir. Segundo a CGU, 94,36% dos pedidos de informação são feitos por pessoas físicas e 5,69% por pessoas jurídicas.

Os dados são referentes ao balanço feito até a última sexta-feira (13) e foram apresentados sábado (14) pela diretora de Prevenção da Corrupção da CGU, Vânia Vieira, durante palestra no 7º Congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em São Paulo.

Nesta segunda-feira (16), a CGU deverá apresentar um novo levantamento, incluindo os dados deste fim de semana.

Entre os órgãos do executivo federal, os que receberam mais pedidos de informações foram a Superintendência de Seguros Privados (Susep), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o Banco Central, o Ministério do Planejamento, os Correios, o Ministério da Fazenda, a Caixa Econômica Federal, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a própria CGU e o Ministério do Trabalho e Emprego.

A Lei de Acesso à Informação foi sancionada no fim do ano passado e tem o objetivo de garantir aos cidadãos brasileiros acesso aos dados oficiais do Executivo, Legislativo e Judiciário.

Via Agência Brasil

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Luan Santana demite banda
Brasil
Justiça determina pagamento de Indenizações a novos atingidos por rompimento em Mariana
Brasil
“Não atingi a honra das Forças Armadas”, diz Gilmar Mendes
Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Brasil
Vídeo: ventania causa destruição em São Luiz
Brasil
Vídeo: empresário morre após cair de parapente
Brasil
Adolescente encontra dedo humano dentro de esfirra
Brasil
Estudante picado por naja no DF tem melhora no quadro de saúde
Brasil
Vídeo: a picada quase fatal, de naja em “play boy”

Mais Lidas

Internacional
Trump cita Brasil com grande problema na pandemia: “Não testa como nós”
Política
Câmara aprova projeto de proteção às mulheres em bares e casas noturnas
Brasil
Luan Santana demite banda
Brasil
Justiça determina pagamento de Indenizações a novos atingidos por rompimento em Mariana