Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Brasil

Presidente volta atrás e revoga decreto de armas

Plenário do Senado aprovou revogação do decreto no dia 18 de junho

25 junho 2019 - 16h35Rauster Campitelli, com informações da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou atrás e decidiu revogar nesta terça-feira (25) o decreto editado em maio para regulamentar regras de aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de munições e armas de fogo no país. Uma edição extra do Diário Oficial da União - DOU, publicada esta tarde, traz a revogação da medida, que havia sido editada no dia 7 de maio e retificada no dia 21 do mesmo mês.

O plenário do Senado aprovou a revogação do decreto presidencial no dia 18 de junho. Por 47 votos a 28, os senadores aprovaram um Projeto de Decreto Legislativo, do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e de outros senadores, que suspende os efeitos da flexibilização do porte e da posse de armas.

Para a maioria dos senadores, a alteração das regras para o acesso a armas por meio de decreto era inconstitucional e deveria ser feita por projeto de lei. O decreto ainda seria examinado pelo plenário da Câmara dos Deputados e pelo STF (Supremo Tribunal Federal), que analisaria eventuais inconstitucionalidades na norma em sessão prevista para esta quarta-feira (26).

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, disse pela manhã que o governo não revogaria o decreto e que aguardaria o desfecho da tramitação da medida no Congresso Nacional antes de adotar alternativas. Além de revogar o decreto, o governo publicou na mesma edição extra do Diário Oficial três novos decretos que tratam do assunto.

Também foi enviado um projeto de lei do governo que modifica o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Yudi perde avó para o coronavírus e lamenta nas redes sociais
Brasil
Aeronáutica confirma 195 casos de coronavírus em escola da FAB
Brasil
Bolsonaro cumprimenta apoiadores em ato em Brasília
O presidente e seus apoiadores estavam separados por uma grade
Brasil
Transporte aéreo de cargas cai mais que a metade durante pandemia
Brasil
AO VIVO – Reunião de Bolsonaro com governadores
Brasil
Vídeo: namorada atira em delegado e se mata
Brasil
Regina Duarte deixa a secretaria de Cultura
Brasil
Mandetta diz que números são muito preocupantes
Brasil
Brasil registra 1.179 mortes hoje e crise muda de patamar
Brasil
Pazuello nomeia nove militares para cargos no Ministério da Saúde

Mais Lidas

Justiça
Comitê atua por melhorias na justiça de primeiro grau
Geral
Marquinhos anula aposentadoria de guarda condenado pela morte de Paulo Magalhães
Saúde
Coronavírus - MS registra 76 novos casos; sobe o número de internados
Geral
Pais vendem rifa para arrecadar R$ 23 mil em 15 dias e pagar cirurgia de bebê