Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

STF decide continuar julgamento sobre criminalização da homofobia

A pauta foi retomada depois de aprovada na CCJ, do Senado

23 maio 2019 - 16h51Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira  (23) continuar o julgamento sobre a criminalização da homofobia. O julgamento estava previsto anteriormente na pauta e foi retomado nesta tarde após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal ter aprovado a mesma matéria, tipificando condutas preconceituosas contra pessoas LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis).

No início da sessão, os ministros passaram a discutir a continuidade do julgamento diante da deliberação do Senado. A discussão foi provocada pelo relator, ministro Celso de Mello, que recebeu na manhã desta quinta-feira um ofício encaminhado pela advocacia do Senado. O órgão afirmou que a questão foi aprovada ontem (22) pela CCJ da Casa e não há inércia do Legislativo no caso. 

Ao votar sobre a questão, Mello afirmou que o Congresso está em estado permanente de inércia e não está cumprindo o papel institucional de aprovar a matéria. Para o ministro, mesmo com aprovação da matéria na CCJ, a situação não justifica a suspensão do julgamento. "O fato de existirem em tramitação no Congresso Nacional algumas proposições acerca do tema, não é suficiente para afastar a inércia legislativa", disse. 

O entendimento foi acompanhado pelos ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Cármen Lúcia. O presidente, Dias Toffoli, e Marco Aurélio votaram pela suspensão. 

Até o momento, há quatro votos a favor do enquadramento da homofobia, que é caracterizada por condutas de preconceito contra o público LGBT , como crime de racismo. 

O caso é discutido na Ação a Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) nº 26 e no Mandado de Injunção nº 4.733, ações protocoladas pelo PPS e pela Associação Brasileiras de Gays, Lesbicas e Transgêneros (ABGLT). 

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Governo quer privatizar 16 mil km de rodovias
Brasil
Flordelis presta depoimento sobre a morte do marido
Brasil
Pai encontra corpo da filha desaparecida na casa do ex-namorado
Brasil
Pesquisa mostra que um em cada cinco brasileiros usa o celular enquanto dirige
Brasil
Nesta semana, Moro não irá à Câmara para falar sobre troca de mensagens
Brasil
Caixa registra lucro líquido de R$ 3,92 bi, no primeiro trimestre
Brasil
Quina sorteia R$ 140 milhões nesta segunda
Brasil
Reforma da Previdência: discussões seguem em meio a semana de São João
Brasil
Bolsa Família: frequência escolar deve ser enviada até quinta-feira
Brasil
Flordelis cita calúnias e defende os filhos após morte de marido

Mais Lidas

Polícia
Vídeo- Ao voltar de festa junina, jovens morrem em acidente de moto
Brasil
Pai encontra corpo da filha desaparecida na casa do ex-namorado
Polícia
Ex-namorado mata mulher a golpes de canivete
Polícia
Pai atira em filho por causa de cobrança de dívida e foge