Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Tereza Cristina anuncia sistema para apoiar o cooperativismo no país

O anúncio foi feito durante visita na Cabaceiras que fica no semiárido da Paraíba

18 fevereiro 2019 - 14h48Mauro Silva com Acrissul

 

Durante agenda na Cabaceiras, no semiárido da Paraíba, a ministra da Agricultura Tereza Cristina anunciou no domingo (17) que pretende fortalecer os programas de incentivo à cooperativas com a criação de um sistema novo,  o Mais Cooperativismo, em parceria com a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB).

Tereza disse que o cooperativismo é fundamental para o trabalho no campo e que o governo tem muito a fortalecer no setor. Ela já conversou com a diretoria da OCB e se encontrou, no Paraná, com dirigentes do setor. “O objetivo é fazer com que as pequenas também cresçam”, ressaltou.

Como a visita foi na região nordestina do país falar sobre a seca foi imprescindível, a ministra disse que vai se reunir  com o ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto para estudar ações que possam minimizar o problema da seca na região. “A ação tem de ser conjunta, não pode ser dispersa. Os ministros, toda segunda-feira, sentam para discutir as ações que podem realizar”, disse.

“Quem cuida da água é o Ministério do Desenvolvimento Regional, mas vamos conversar com o ministro [Gustavo] Canuto, ver as soluções que podemos trazer para a região”, acrescentou, defendendo também novas parcerias com os governos estaduais e os municípios.

Projeto social

Tereza Cristina disse que o governo não pretende acabar com projeto social sério, mas vai reavaliar aqueles em que o dinheiro some sem chegar a quem precisa.  Ela disse que vai contar ao presidente Jair Bolsonaro o exemplo de sucesso que encontrou em Cabaceiras. “Vou mandar alguém do ministério para conhecer vocês e replicar em outros municípios esse exemplo de gente guerreira, que fez da adversidade o sucesso. Vou dizer ao presidente que  temos casos de êxito no Nordeste e que precisamos apoiá-los. A região já tem muita que gente que transforma a adversidade em sucesso”, afirmou.

A ministra encerrou, no domingo (17), viagem de quatro dias ao Nordeste, tendo percorrido cidades do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba, com a finalidade de planejar uma política dirigida ao semiárido e à região do país como um todo. Em março, deverá ir aos estados do Nordeste que não foram incluídos nesse roteiro inicial. A ministra viajou acompanhada do secretário de Agricultura Familiar do Mapa, Fernando Schwanke, e do presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Prêmio principal da mega-sena sai para SP
Brasil
STF disciplina fornecimento pelo SUS de remédio sem registro
Brasil
STF começa a julgar fornecimento de remédios de alto custo pelo SUS
Brasil
Governo está reavaliando decreto de armas, diz porta-voz
Brasil
Bolsonaro não vai à manifestação de domingo e manda ministros se afastarem
Brasil
Toffoli defende que reformas devem "enxugar" a Constituição
Brasil
Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio da Alvorada
Brasil
Ruptura iminente faz Vale paralisar ferrovia
Brasil
“Juízes devem zelar para que pactos sejam cumpridos", diz Toffoli
Brasil
Menores vítimas de violência sexual costumam mostrar sinais

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações