Menu
Busca quinta, 02 de dezembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS nov21
Agronegócio

Reinaldo pede celeridade em regularização fundiária à Tereza Cristina

Na oportunidade, o governador discutiu diversas pautas da agropecuária com a ministra

26 janeiro 2019 - 10h48Da redação com informações da assessoria

O governador Reinaldo Azambuja se reuniu na sexta-feira (25) com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Tereza Cristina, para pedir apoio e celeridade nos processos de regularização fundiária em Mato Grosso do Sul. Segundo ele, a ação conjunta dos governos estadual e federal vai beneficiar cerca de 50 mil assentados em Mato Grosso do Sul.

No encontro, Reinaldo Azambuja classificou a medida como primordial para o desenvolvimento da agricultura familiar. “Precisamos urgentemente dessa regularização. Temos inúmeros assentamentos, antiquíssimos, de mais de 20 anos, que não têm títulos definitivos. Isso gera problemas ao pequeno produtor. Queremos que eles sejam donos de direito dos lotes, com documento”, afirmou.

Diversas pautas da agropecuária foram debatidas com a ministra. Entre elas a união de esforços para tornar Mato Grosso do Sul área livre de febre aftosa sem vacinação. “Para isso temos etapas do governo federal e do Governo do Estado que devem ser cumpridas”, disse, dando como exemplo o aumento do número de veterinários nos postos de fiscalização como metas a serem cumpridas.

Desenvolvido pelo Governo de Mato Grosso do Sul, o programa "Resenha Virtual de Equídeos", para identificação e trânsito de animais, teve a implementação discutida no Ministério. “Já fizemos testes com esse aplicativo e funcionou bem. Agora queremos implementar com aval do governo federal. É um programa inovador de MS que poder servir para todo o Brasil”, destacou o governador.

Com a ministra Tereza Cristina, Reinaldo Azambuja ainda tratou da construção de 10 estações meteorológicas em MS. “Já construímos várias estações ao longo desses anos e se implantarmos mais 10 vamos cobrir todo o estado. Isso tem um custo, em torno de R$ 3 milhões, e estamos pleiteando recursos no Ministério da Agricultura, pois ajuda o setor produtivo”, disse o governador.

Asa - anestesistas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Pilotos e comissários de bordo entram em greve no dia 29
Agronegócio
Em Coxim, Riedel diz que "investimentos trouxeram competitividade"
Agronegócio
Riedel e Tereza Cristina comandam ato em Sidrolândia
Agronegócio
Criação de memorial para vítima da covid-19 tem a aprovação do Senado

Mais Lidas

Brasil
Carteiro é baleado ao fazer entrega em condomínio; assista
Vídeos
Homem se masturba na frente de crianças em condomínio; assista
Polícia
Mulher encontra corpo de bebê escondido em sacola ao descongelar geladeira
Internacional
Perereca suicida? Modelo atira na própria vagina ao gravar vídeo erótico