Menu
Busca quarta, 20 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Agronegócio

Tereza busca solução para problemas dos produtores do nordeste

A ministra aposta no exemplo de Israel, com tecnologia de dessalinização e reuso de água

07 fevereiro 2019 - 17h17Da redação

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, se reuniu na quarta-feira (6) com o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA), João Martins e com o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, para discutir medidas para uso racional da água e tecnologias para a produção agropecuária no semiárido.

Israel é referencia em tecnologia de dessalinização, reuso de água para abastecimento e consumo da população e em agricultura irrigada. Nesse contexto, a idéia é agregar conhecimento, pesquisa e tecnologias produzidas no Brasil e em Israel por meio de um grupo de trabalho que será criado para buscar as melhores soluções aos produtores.

João Martins disse que a CNA tem um projeto com o Ministério da Agricultura para o desenvolvimento do Nordeste. “O desenvolvimento passa, principalmente, por melhorar o abastecimento de água e por levar tecnologia ao pequeno produtor. E o embaixador de Israel colocou à nossa disposição a mais recente tecnologia para proporcionar água a quem não tem água nem para beber”, disse João Martins.

Ao propor a criação de um grupo de trabalho para discutir propostas para desenvolver a produção do semiárido nordestino, o embaixador afirmou que as tecnologias produzidas por Israel de irrigação e uso da água podem ajudar no crescimento do agro brasileiro.

O diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, informou que uma das ações do grupo será levar produtores e técnicos para conhecer as tecnologias que podem ser integradas pelos dois países para ajudar no desenvolvimento do Nordeste e gerar rentabilidade ao produtor rural do semiárido. De acordo com Carrara, o encontro entre a ministra e o embaixador foi um importante passo para “institucionalizar a parceria”.

Também participaram do encontro os presidentes das Federações de Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), Muni Lourenço; da Paraíba (Faepa), Mário Borba; de Pernambuco (Faepe), Pio Guerra; do Rio de Janeiro (Faerj), Rodolfo Tavares; o deputado Arthur Maia (DEM-BA), além de superintendentes e consultores.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Referência em agronegócio, Xico Graziano palestra para jovens na capital
Brasil
Tereza Cristina anuncia sistema para apoiar o cooperativismo no país
Agronegócio
Suinocultura: setor volta os olhos para 2019 sob boas perspectivas
Agronegócio
Depois de Aquidauana, Reinaldo investe em Itaquiraí e região
Agronegócio
Reinaldo entrega tratores que beneficiarão agricultura familiar
Geral
Horticultores utilizam aplicativo para rastrear o processo produtivo
Agronegócio
Inscrições abertas para a 8ª edição do Confinar
Agronegócio
Produtores de leite do MS recebem curso "Negócio Certo Rural"
Agronegócio
Agricultura estuda mudar financiamento do agronegócio e seguro rural
Agronegócio
Granja Plus muda realidade de avicultores em MS

Mais Lidas

Geral
Imagens fortes: Mulher perde 80% do lábio inferior após ser mordida em briga
Polícia
No centro, homem tenta fotografar partes íntimas de mulher
Polícia
Mulher é espancada após negar manter relações sexuais com marido
Polícia
Em briga na cela, presidiário fura olho de outro