Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Brasil

Títulos eleitorais emitidos por adolescentes cai 82% em 10 anos

Meninas são as que mais solicitam o documento

30 março 2022 - 13h13Sarah Chaves, com informações da CNN
Sebrae Materia

Com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a CNN levantou que em uma década, o número de adolescentes de 16 e 17 anos que solicitaram o primeiro título de eleitor caiu 82%.

Em 2012, 2.603.094 milhões de pessoas dessa faixa etária pediram o documento, enquanto neste ano, até 21 de março, foram 466.227.

Neste 2022 de eleição presidencial, 96.325 meninas de 16 anos e 160.663 de 17 anos, além de 69.002 de meninos de 16 anos e 140.237 de 17 anos se registraram e podem exercer o primeiro voto.

Para o analista de enfrentamento à desinformação do TSE, Diogo Cruvinel, a queda é motivada por mudanças na composição de idade da população brasileira. “A gente avalia que o interesse por política não é um dos fatores. O jovem é bastante interessado por política, mas têm algumas situações relevantes. A pirâmide etária está se invertendo, a população está envelhecendo”, colocou à CNN.

Além disso, Cruvinel avalia que existem reflexos do enfrentamento ao coronavírus. “A Justiça Eleitoral sempre fez campanhas nas escolas, de atendimentos itinerantes para tirar o título. Devido à pandemia, as aulas presenciais ficaram a distância e as campanhas foram suspensas”, pontuou.

O analista do TSE ainda aponta que a busca pela emissão do título costuma ser maior durante anos de eleições municipais, devido à proximidade que a população tem com os candidatos.

Entre os estados, o que registrou maior queda foi a Bahia (88%), que passou de 231.969 pedidos de primeiro título de adolescentes de 16 e 17 anos, em 2012, para 25.991, em 2022. Em seguida, Rio Grande do Norte e Rondônia registraram uma diminuição de 87%.

Apesar do TSE descartar o desinteresse dos adolescentes para esse resultado, Jairo Nicolau, cientista político e professor da Fundação Getúlio Vargas, acredita que é um fator que pesa.

“De 1989 pra cá, vimos esse número cair bastante nessa faixa etária. Antes era algo perto de 70%, hoje chega a 40%, 30%, o que constata esse desinteresse. Os partidos estão bem envelhecidos, não há renovação etária, há dificuldade de diálogo e de atrair jovens para a militância. A expectativa dos jovens nessa idade também é muito diferente do que é debatido. Temas como diversidade, meio ambiente, mercado de trabalho e universidades não são prioritários”, avalia.

Como solicitar o título eleitoral

O pedido para tirar o título de eleitor pode ser feito pela internet, no portal do TSE (tse.jus.br). O interessado deve ir na aba “Eleitor e eleições”, clicar em “Autoatendimento do eleitor” e selecionar “Tire seu título”.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Justiça usa ação para resguardar trabalhadores das Americanas
Brasil
Câmara elege nesta quinta-feira deputado para ser indicado a ministro do TCU
Brasil
Daniel Silveira é preso um dia após perder mandato
Brasil
JD1TV: Senador denuncia Bolsonaro como golpista e comunica renuncia
Brasil
Morre Glória Maria, aos 73 anos, ícone do jornalismo
Clima
Vem mais chuva! Dia amanhece nublado e máxima deve chegar aos 28°C na Capital
Brasil
De novo? Mega-Sena acumula e prêmio salta para R$ 135 milhões
Brasil
Vai apostar? Mega-Sena sorteia bolada de R$ 115 milhões hoje
Brasil
Congresso empossa hoje 513 deputados e 27 senadores
Brasil
STF pede à PGR que investigue Valdemar Costa Neto

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado