Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Brasil

Usinas geradoras de energia eólica incrementam capacidade produtiva do país

04 março 2013 - 10h22EPE

No Brasil, o aproveitamento da energia eólica tomou impulso a partir de 2004, com a implementação do Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). Este programa contratou 54 parques eólicos, que totalizaram 1.423 MW. Até o final de 2012, 53 desses parques, totalizando 1.288 MW, estavam em operação comercial.

A adequação de linhas de crédito dos bancos de desenvolvimento econômico, como Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Nordeste (BNB), para o financiamento da construção de parques eólicos e para a instalação da indústria eólica, bem como o incentivo de ICMS concedido pelos estados, também se mostrou importante elemento para a inserção da fonte eólica.

Nos últimos anos, com a fixação do sistema de leilão no país, os geradores começaram a reduzir seus preços, diminuindo o custo real dos projetos eólicos no Brasil, o que promove a redução dos preços de fabricação de turbinas eólicas. Dessa forma, em cerca de cinco anos, o país irá multiplicar em aproximadamente cinco vezes a capacidade instalada de usinas eólicas, passando dos atuais 1.860 MW para 8.544 MW.

Para se ter uma ideia, nos últimos dois anos o governo federal contratou a construção de 141 novos empreendimentos. A medida possibilitou que, somente em 2012, a capacidade instalada chegasse a 456 MW, resultado dos quase R$ 2.800 milhões de investimentos. Destaque para as usinas instaladas no Rio Grande do Norte – Alegria II, Aratuá 1, Cabeço Preto e Cabeço Preto IV. Já para 2013, a expectativa é de que o número de usinas chegue a 80 e a capacidade instalada se eleve para 2.027 MW.

Outra característica dos empreendimentos eólicos é que os sítios potenciais estão localizados em regiões em que as comunidades são carentes de atividades econômicas, o que impulsiona a geração de trabalho e renda nas regiões onde são instaladas.

Parque Eólico de Osório
Atualmente, entre os maiores empreendimentos energéticos do país está o Parque Eólico de Osório, localizado no município gaúcho de mesmo nome. Com 150 megawatts de energia instalada, um dos destaques do empreendimento é produzir energia limpa e renovável, sem emissões de dióxido de carbono (CO2), um dos gases responsáveis pelo efeito estufa.

As turbinas eólicas de Osório são dotadas de um sistema que orienta o rotor na direção do vento. As pás, que medem 35 metros, regulam automaticamente sua inclinação para otimizar a incidência do vento. Foram desenvolvidas com mesma tecnologia da indústria aeronáutica. O projeto é integrado por três parques, que reúnem 75 aerogeradores de 2 megawatts cada um, instalados em torres de concreto, a 100 metros de altura.

Via Portal Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Vídeo: Travesti "pega" short da amiga e acaba dando em briga
Brasil
Ostentação: participante de festa em barcos de luxo joga notas de R$ 50 no mar
Brasil
Vídeo: Homem é assassinado ao som de funk e tem olhos perfurados por galho
Brasil
Vídeo: travesti é chicoteada por gravar vídeo tomando cerveja
Brasil
Covid-19: Governo anuncia imposto zero para importação de vacinas
Brasil
AO VIVO - Posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Brasil
Adolescente acusada de matar a amiga será solta em menos de 24h após a internação
Brasil
Ao tentar defenter pitbull, adolescente é mordida e agredida por companheiro
Brasil
Rodrigo Maia testa positivo para o coronavírus
Brasil
Bebê de 1 ano morre após ser picado por escorpião

Mais Lidas

Geral
Confira a agenda de lives para esta sexta-feira
Geral
CRMV-MS traz veterinários que atuaram em Brumadinho para ajudar no combate ao incêndio do pantanal
Cidade
Após 20 anos vivendo na irregularidade, 215 famílias de Bodoquena receberão título de propriedade
Justiça
Espaço de eventos indenizará em R$ 20 mil casal por falta de água durante casamento