Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Brasil

Vídeo: Naja que picou jovem foi encontrada perto de shopping

Pedro está em coma após ser picado por animal que criava

09 julho 2020 - 10h09Joilson Francelino, com Metrópoles

A cobra Naja kaouthia que picou o universitário Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul, 22 anos, na última terça-feira (7), estava desaparecida foi localizada pelo Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), no início da noite desta quarta-feira (8).

A serpente foi encontrada dentro de uma caixa de plástico, próximo a um barranco, nas redondezas do shopping Píer 21, no Setor de Clubes Sul. A Polícia Civil e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) abriram investigação para identificar o meio como a cobra chegou ao Distrito Federal.

A Naja está na lista das serpentes mais venenosas do mundo. Quem criava o animal exótico era o universitário Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul, 22 anos. Ele está internado, em coma induzido, na UTI do hospital Maria Auxiliadora, no Gama.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Prefeitos querem flexibilizar pagamento mínimo da educação em 2020
Brasil
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual
Brasil
Mega sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado
Brasil
Vídeo: motoboy sofre ofensas racistas em condomínio
Brasil
AO VIVO: Bolsonaro libera recurso para vacina contra o coronavírus
Brasil
Soldado é encontrado morto em quartel e família suspeita de tortura
Brasil
Corte de energia por falta de pagamento volta nesta segunda
Brasil
Dentista mata a esposa e comete suicídio
Brasil
Vídeo: Desembargador dispara xingamento durante sessão virtual
Brasil
Após evento com Tereza Cristina, Michelle testa positivo para coronavírus

Mais Lidas

Política
Vereadores da capital votam cinco Projetos nessa terça
Política
Coronel David solicita testes em massa à agentes da Segurança Pública
Política
Dourados tem nova troca de secretário de Saúde
Política
Vice-prefeita de Inocência morre vítima do coronavírus