Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae - Portas Abertas
Cidade

Defensoria teria “atropelado” ação por aumento de leitos

Petição para lockdown sinaliza linhas diferentes de visão dos fatos

04 agosto 2020 - 13h26Da redação

Ao pedir na Justiça que Campo Grande fique fechada por 14 dias, a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul teria “atropelado” a linha de trabalho desenvolvida por uma força-tarefa para negociações e decisões durante a pandemia, em Campo Grande e interior do Estado.

Fonte do Ministério Público Estadual, que participa das negociações, confirmou essa impressão interna ao JD1 Notícias. Isso por que, um acordo conduzido pela promotora Filomena Flimunhan resultaria na abertura de 40 novos leitos, em articulação com estado e município, o que amenizaria a pressão na rede hospitalar, por vagas de UTI.

O fato revelado “em off" à nossa reportagem, mostra que devem existir linhas diferentes, dentro de uma ação até então,  aparentemente de mão única.

Em grupos internos, mensagens de membros do MP mostram o descontentamento com a ação da defensoria. “Absurdo! Onde está a pertinência temática”, consta em uma das mensagens.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Após 20 anos vivendo na irregularidade, 215 famílias de Bodoquena receberão título de propriedade
Cidade
Serão destinados R$ 100 milhões para obras com asfalto na capital
Vídeos
AO VIVO: Prefeitura assina contrato para obras que incluem Rita Vieira e Bom Pastor
Cidade
Bombeiros combatem último foco de incêndio no Atacadão
Cidade
Reabertura das fronteiras não inclui Pedro Juan Caballero
Cidade
Consórcio Guaicurus tenta barrar carona compartilhada de vans
Cidade
Baladas, clubes e cinemas estão liberados para retomar atividades
Cidade
Parques e praças reabrem nesta segunda com medidas de biossegurança
Cidade
Prefeitura terá plantão do Refis 100% neste sábado
Cidade
Mesmo com portaria, nem todas as praças da capital abrirão dia 14

Mais Lidas

Geral
Confira a agenda de lives para esta sexta-feira
Geral
CRMV-MS traz veterinários que atuaram em Brumadinho para ajudar no combate ao incêndio do pantanal
Cidade
Após 20 anos vivendo na irregularidade, 215 famílias de Bodoquena receberão título de propriedade
Justiça
Espaço de eventos indenizará em R$ 20 mil casal por falta de água durante casamento