Menu
Busca quarta, 20 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Mais de mil casas populares devem ser entregues até 2020

As unidades estão sendo construídas nos bairros Aero Rancho, Jardim Canguru, Jardim Inápolis, Portal das Laranjeiras e Sírio Libanês

11 fevereiro 2019 - 08h15Da redação com assessoria

Centenas de operários trabalham em ritmo acelerado na construção de mais de mil casas e apartamentos em Campo Grande. Viabilizadas pelo Governo do Estado, as moradias serão entregues até o primeiro semestre de 2020 para 1.438 famílias que possuem renda mensal de até R$ 1,8 mil.

As unidades habitacionais são construídas nos bairros Aero Rancho, Jardim Canguru, Jardim Inápolis, Portal das Laranjeiras e Sírio Libanês com recursos dos três entes federativos: União, estado e município. Ao todo, são investidos R$ 138,2 milhões nos residenciais, sendo R$ 24 milhões exclusivos dos cofres estaduais.

O mais avançado dos projetos em execução é o Jardim Inápolis, que fica na região do Indubrasil. Lá, 66 apartamentos que formam o residencial que leva o mesmo nome do bairro estão em fase inicial de acabamento. “Nosso contrato para entrega é agosto deste ano”, destaca o engenheiro executivo, Sérgio Ewerling.

Os apartamentos têm área privativa de 49,66 metros quadrados “com o diferencial de utilização de energia fotovoltaica para áreas comuns do residencial”, explica Ewerling. Com quatro blocos, três de 20 unidades e um com seis, o condomínio já é destaque no bairro. “São os prédios da região”, avalia um morador próximo ao local.

No Aero Rancho, o bairro mais populoso da capital, 150 operários trabalham na construção de 448 apartamentos de dois residenciais que ficam na avenida Vereador Thyrson de Almeida, prolongamento da avenida Ernesto Geisel. A maioria deles vive no próprio bairro, explica o engenheiro responsável Guilherme Spies.

“Foi uma preocupação nossa para facilitar a vida do pessoal. Eles vivem e trabalham no próprio bairro”, conta Spies. A equipe trabalha na fase estrutural e de alvenaria da construção. Depois de prontas, as moradias terão 46 metros quadrados – dois quartos, sala, cozinha e banheiro. A previsão de término da obra é fevereiro de 2020.

Bairros

As demais moradias ficam no Jardim Canguru (300), Portal das Laranjeiras (368) e Sírio Libanês (256). “Terão toda a infraestrutura, piso cerâmico, reboco, laje e com todo padrão de qualidade”, afirma a diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Audiência vai discutir altas taxas em contas de energia expedidas no mês de janeiro
Cidade
Funsat oferece vagas de açougueiro, auxiliar financeiro e eletricistas
Cidade
Beneficiários de programas sociais do governo podem ter tarifa da conta luz reduzidas
Cidade
Prefeito participa de capacitação de servidores
Cidade
Comissão organizadora do Wildfire 2019 se reúne para alinhar ações
Saúde
Upas da capital atendem com 58 pediatras neste sábado
Cidade
Aposentados e pensionistas da prefeitura devem fazer recadastramento
Cidade
Prefeitura cria comitê para monitorar pontes e viadutos da capital
Saúde
Durante o dia, apenas uma UPA têm atendimento completo na capital
Cidade
Anvisa proíbe venda de lotes de frango da Perdigão

Mais Lidas

Geral
Imagens fortes: Mulher perde 80% do lábio inferior após ser mordida em briga
Polícia
No centro, homem tenta fotografar partes íntimas de mulher
Polícia
Mulher é espancada após negar manter relações sexuais com marido
Polícia
Em briga na cela, presidiário fura olho de outro