Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Obras tumultuam vias do Jardim dos Estados

Motoristas que não quiserem perder tempo, devem evitar a região

18 outubro 2019 - 09h50Vitória Ribeiro

Duas intervenções em ruas do Jardim dos Estados, estão tumultuando o trânsito na área. A primeira delas é o recapeamento da rua Antônio Maria Coelho, onde a via está totalmente interditada entre as ruas Rio Grande do Sul e Manoel Seco Tomé. 

Para fugir da interdição, em sua maioria, os motoristas estão seguindo para a rua Euclides da Cunha, onde se deparam com uma obra realizada pela Águas Guariroba, que ocorre entre as ruas Alagoas e Sergipe. Apenas metade da pista está aberta, o que causa confusão para os veículos, nos dois sentidos. Motoristas que não quiserem perder tempo, devem evitar a região.

A rua Antônio Maria Coelho também tem outra interdição parcial até a Ceará.     


Centro 


Na área central estão interditadas parcialmente as ruas Treze de Maio próximo à rua Dr. Mário Correa e a rua Hélio de Castro Maia próxima da Rui Barbosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Com asfalto e piscinão, recapeamento no Nova Lima entra na reta final
Cidade
Pandemia é o maior problema em MS, mostra pesquisa Ranking
Cidade
Veja os bairros onde o fumacê contra o Aedes Aegypti passará nesta tarde
Cidade
MS teve menos 1.871 crimes nos primeiros quatro meses de 2020
Cidade
Nova Lima começa a receber drenagem para novos 20km de asfalto
Cidade
Barreiras sanitárias da capital terão exames prontos em 10 minutos
Cidade
"Não vamos pagar a folha de julho", diz Pedrossian se ajuda federal demorar
Cidade
Capital terá Refis, sem multa, juros e correção
Cidade
Vídeo - campeonato de pipas gera aglomeração na periferia
Cidade
Sistemas informatizados dão mais segurança ao monitoramento do coronavírus

Mais Lidas

Geral
Há um ano, tragédia que matou o campo-grandense Gabriel Diniz comovia o Brasil
Economia
Governo quer emprestar US$ 4,01 bilhões de bancos internacionais
Justiça
Ary Raghiant Neto será empossado Vice-Presidente do Conselho de Colégios da OAB do Mercosul
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro