Menu
Busca segunda, 16 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Aguas setembro-19
Cidade

“Olho no olho”, na obra da Bandeirantes, Marquinhos ouve elogios, sugestões e críticas

O prefeito visitou a obra iniciada nesta terça-feira

16 abril 2019 - 13h36Joilson Francelino

O prefeito Marquinhos Trad visitou na manhã desta terça-feira (16) a obra de recapeamento da avenida Bandeirantes, esperada há anos pelos comerciantes e moradores da região e elencada como de “extrema importância para a cidade”, pelo gestor.

A obra que teve início hoje é resultado de reuniões e pesquisas com a população, segundo Marquinhos. “Uma via importante, que atende, no mínimo, dez mil motoristas e recebe ônibus que transportam quase trinta mil usuários todos os dias”, disse.

Durante a visita técnica, Marquinhos foi abordado por dois garagistas que chegaram de carro, atrapalhando o trânsito. Identificados apenas como Felício e Eliezer, os dois começaram a discutir com o prefeito sobre a obra.

Questionados pela equipe do JD1 Notícias sobre as melhorias que a obra traz para a avenida, Felício acrescentou que a obra tem que existir. “O que não pode é o corredor de transporte coletivo que vai matar todo o estacionamento da Bandeirantes”, disse ao sugerir que o corredor passe pela Norte e Sul.

Os comerciantes pediram revisão do projeto e Marquinhos os convidou para reunião na prefeitura, na quarta-feira (17). O prefeito explicou que o projeto foi aprovado em reunião com comerciantes, na qual eles não estavam presentes. “O pai de um deles esteve na reunião e aprovou o projeto”, lembrou.

“Vejo a preocupação deles e estamos tentando atenuar o maior número possível, acontece que eles estão em um lugar estratégico para a cidade”, disse o prefeito. Marquinhos ainda lembrou que eles reclamam das vagas de estacionamento. “Eles mesmo ocupam a vaga para expor seus carros que estão à venda”, disse.

A redação andou pela região e constatou que a maioria dos garagistas ocupa as vagas como pode ser visto na imagem abaixo, impedindo que os consumidores estacionem.

A comerciante Maria de Fátima, 57 anos, reclama da ousadia dos garagistas que chegam a colocar os veículos em frente a sua loja, ocupando a vaga de estacionamento que é dos clientes dela. “Quando vamos reclamar eles falam pra mandar o guincho ir pegar”, disse.

Desde 1984, Maria tem uma loja de roupas na região e enfrenta os problemas da Bandeirantes. “Só não quero que essa obra seja igual a da [rua] Brilhante que nunca acaba”, citou.

A obra

A obra tem prazo de um ano para ser concluída e investimento de R$ 8.762.915,67, sendo R$ 6.464.936,73,  financiamento do PAC Mobilidade e R$ 2.297.378,94 de contrapartida, viabilizada em parceria com o Governo do Estado.

O trabalho será executado no contra-fluxo, ou seja, no sentido centro/bairro, a partir da avenida Afonso Pena,  quadra a quadra, mantendo pelo menos uma pista liberada para o trânsito de veículos.

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Semana começa sem atrasos e cancelamentos no aeroporto da capital
Cidade
Caixa d’água cai sobre cerca e interdita rua próximo a UFMS
Cidade
Obra revitalizará a Esplanada, Rodoviária e Mercadão
Cidade
"Habitação popular está sem programa em Brasília", alerta secretária da Agehab
Cidade
Águas registra recuperação gradativa nos reservatórios
Cidade
Nove pessoas ainda faltam se apresentar à Emha, sob risco de perder casa
Cidade
Sesau convoca médicos para reforço no atendimento
Cidade
Roupa Nova se apresenta em Campo Grande nesta sexta
Cidade
Homem tenta matar capivara a pauladas
Cidade
Arte no Meu Bairro vai ao Dom Antônio Barbosa

Mais Lidas

Geral
Novas regras da CNH entram em vigor nesta segunda
Geral
Filho de líder classista de MS , morre em acidente em SP
Polícia
PM é torturado e morto após ser acusado de estupro
Polícia
Menor capota carro ao fugir de PRF com mais de 70kg de droga