Menu
Busca domingo, 25 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Cidade

Prefeitura “fecha o cerco” contra o Consórcio Guaicurus após manifestação

Dois procedimentos administrativos foram abertos para apurar irregularidades

18 novembro 2019 - 17h20Joilson Francelino, com informações da assessoria

A Prefeitura de Campo Grande abriu dois processos administrativos para apurar as irregularidades cometidas pelo Consórcio Guaicurus na última sexta-feira (15), que culminou em manifestação de usuários do transporte coletivo, no Terminal Morenão.

Um dos procedimentos está sendo feito pela Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e outro pela Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Agereg).

A Agereg vai apurar se houve quebra das cláusulas contratuais, que impõe as obrigações contra o Consórcio Guaicurus, caso tenha havido algum descumprimento contratual vai ser aplicada multa. A investigação terá como base a Lei n. 4584/2007 e se for comprovado o descumprimento, a multa pode chegar a R$ 22.976,67, de acordo com os cálculos da prefeitura.

Já com base nos equipamentos de georreferenciamento (GPS) instalados nos ônibus, o processo administrativo da Agetran verificou o que ocorreu com o ônibus da linha 072 (ônibus de nº 1262), que deveria chegar ao Terminal Morenão às 7h18, da sexta-feira (15).

Conforme o equipamento, foi constatado que o ônibus parou de funcionar próximo ao Terminal Hércules Maymone às 7h09. Às 7h15, um ônibus reserva (ônibus de nº 1314) começou a circular para dar continuidade ao serviço de sistema integrado do transporte coletivo. Como o veículo deixou de funcionar próximo ao Terminal Hércules Maymone, as pessoas que estavam no ônibus foram encaminhadas para este terminal e seguiram viagem.

O ônibus reserva que foi acionado chegou ao local onde o outro veículo estava quebrado e ao invés de seguir para o Terminal Morenão, que seria o percurso programado, voltou para o Terminal Nova Bahia, por determinação do Consorcio Guaicurus. Omitindo assim, a chegada e saída previstas no Terminal Morenão.

A operação do sistema integrado do transporte coletivo voltou à normalidade às 7h53, com cerca de 35 minutos de atraso, já que a linha que quebrou deveria estar no local às 7h18.

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Agetran prevê liberação da Antônio Maria Coelho no sábado
Cidade
Foram entregues R$ 70 mil a ganhadores da 'Nota Premiada' de Campo Grande
Cidade
Obra de acesso ao centro está na reta final na Rua Três Marias
Justiça
Paulo Pedra e Igreja "Palácio de Deus" terão que reformar imóvel
Cidade
Prefeitura convoca aprovados em seleção; Confira
Geral
Obras de pavimentação da MS 166 melhoram acesso a Maracaju
Saúde
Capital altera calendário e antecipa 2ª dose para quem tomou Astrazeneca até 12 de maio
Cidade
Onze municípios continuam em estado de calamidade pública
Cidade
Passe Social poderá ser feito em 21 polos do Cras na capital
Saúde
Covid: Campo Grande é a capital com mais imunizados com a 2° dose no país

Mais Lidas

Polícia
Mãe e filha são ameaçadas e têm carro riscado ao pedir para vizinha abaixar o som
Polícia
Pais são presos suspeitos de torturar, abusar e matar filho de 1 ano
Polícia
Funcionária esquece cartão em sacola de roupas e cliente gasta R$ 856
Polícia
Atirador em gol rebaixado faz uma vítima no Moreninhas III