Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Servidores da prefeitura retomam jornada de trabalho com mudanças

Servidores com comorbidades também poderão continuar trabalhar de casa, mas mediante apresentação de laudo médico

23 maio 2020 - 15h49Priscilla Porangaba

Os servidores da prefeitura de Campo Grande voltarão ao trabalho nas repartições públicas em jornada especial entre os dias 25 de maio e 9 de junho com uma jornada dividida em dois períodos.

Segundo o decreto 14.319, publicado ontem em edição extra do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), os órgãos municipais deverão dividir suas equipes igualitariamente, de forma que 50% trabalhe no primeiro turno e o restante no segundo. 

A medida é para evitar aglomerações.  Os horários são das 7h30 às 13h30 e das 13h30 às 19h30.

“Estamos retornando às atividades municipais, mas com cautela. Se exigimos regras para os outros, temos que fazer a nossa parte. Um retorno gradativo com regramento e protocolo de segurança. Nossos funcionários também têm família, filhos, avós. Por isso a gente vai começar dividindo os turnos”, afirma o prefeito Marquinhos Trad (PSD), durante live na manhã deste sábado (23).

De acordo com o prefeito, pessoas com idade acima de 60 anos, grupo de risco para o novo coronavírus, seguem trabalhando de casa. “Vão receber seu salário de forma integral, trabalhando em home office. Não é férias não. Vão trabalhar  à disposição dos chefes hierárquicos”, diz o prefeito.

Servidores com comorbidades também poderão continuar trabalhar de casa, mas mediante apresentação de laudo médico.

Conforme o decreto, o regime de teletrabalho permanecerá para servidores efetivos e comissionados que se enquadrem nas seguintes situações:  possuam doenças cardiovasculares ou pulmonares,  imunodeficiência de qualquer espécie,  transplantados, maiores de 60 anos,  gestantes e lactantes e quem apresenta os sintomas da doença transmitida pelo novo coronavírus.

Ainda segundo o documento,  o regime de teletrabalho não se estenderá aos servidores que porventura convivam com pessoas que se enquadrem nos grupos de risco.

As disposições do decreto não se aplicam às áreas de saúde, segurança, assistência social e fiscalização que estejam atuando no combate à covid-19. A Secretaria Municipal de Educação deverá regulamentar a jornada especial nas unidades da Rede Municipal de Ensino (Reme). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Coronavírus: Terminais recebem pias para higienização das mãos
Cidade
Abra portas e janelas: Oito bairros recebem fumacê nesta sexta
Cidade
Nova trecho de revitalização da 14 terá paisagismo e 76 novas árvores
Cidade
Marquinhos pode adiantar barreiras fixas nas entradas da capital
Cidade
AO VIVO - Veja o sorteio público de designação de moradias no Jardim Inápolis
Cidade
Amahsf faz sorteio de designação de apartamentos nesta sexta
Cidade
Nove bairros recebem o serviço de fumacê nesta quinta-feira
Cultura
UFMS estuda revitalizar Autocine
Cidade
Com asfalto e piscinão, recapeamento no Nova Lima entra na reta final
Cidade
Pandemia é o maior problema em MS, mostra pesquisa Ranking

Mais Lidas

Geral
Familiares de vítima do coronavírus lamentam enterro sem despedida na capital
Polícia
PRF apreende 507 Kg de maconha em veículo abandonado
Saúde
Com quase 502 mil casos de coronavírus, Brasil tem 28.872 mil mortos
Polícia
Detento internado foge de hospital disfarçado de médico