Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Governo - Dengue Fev24
Clima

Campo Grande teve mais de 1,8 mil raios e ventos de 73 km/h

Diversos bairros ficaram sem luz, árvores caíram e fiações foram danificadas

15 maio 2022 - 13h43Vinicius Costa    atualizado em 15/05/2022 às 13h58

Entre o fim da tarde e início da noite de sábado (14), Campo Grande sofreu com o temporal que derrubou árvores, arrancou fiações elétricas e deixou muitos bairros sem luz. Tudo isso por conta da forte chuva que veio acompanhada de 1,8 mil raios e ventos de mais de 73 km/h.

Ao todo, foram registrados 1.888 raios durante a tempestade - anunciada pela meteorologia desde o início da semana passada. Com o 'anoitecer' antes da hora, os clarões iluminavam toda a cidade.

Segundo o meteorologista Natalio Abrãao, os ventos na região do aeroporto e do bairro Coophavilla, por exemplo, alcançaram os 73,3 km/h.

O Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), apontou que a capital sul-mato-grossense teve um volume de 24,4 milímetros. Por enquanto, não há indícios de chuvas em demais bairros da cidade.

Leitores do bairro Coronel Antonino registraram alagamentos na Rua Livramento com Pelotas. O leitor disse que toda chuva forte é comum esse tipo de alagamento na rua e que já chegou a invadir a residência.

Falta de energia

Após a forte tempestade que atingiu Mato Grosso do Sul na noite de ontem (14), bairros de Campo Grande ficaram sem energia, devido estragos provocados pela chuva. Segundo fontes da Energisa, 80% das interrupções no fornecimento de energia elétrica acontecem pela queda de árvores e galhos, sobre a rede elétrica.

Na Capital foram registrados mais de 60 bairros com interrupções relacionadas ao temporal, que provocou 6,5 vezes mais ocorrências em comparação com o padrão.

A Energisa trabalha, neste domingo (15), com quatro vezes mais equipes em campo – de forma ininterrupta – para restabelecer o serviço nas localidades onde ainda há falta de energia.

Dentre os bairros mais afetados até o momento são: Parque Residencial União, Bairro Nova Lima, Vila Nasser, Coronel  Antonino, Vila Margarida, Carandá Bosque, Mata do Jacinto, Jardim Centro Oeste, Vila Sobrinho, Núcleo Industrial, Conjunto Aero Rancho, Nova Campo Grande, Jardim Tijuca, Jardim Veraneio, Conjunto Jose Abrão, Vila Piratininga, Monte Castelo, Vila Planalto, Estrela Dalva, Vila Taveirópolis, Jardim São Conrado, José Alves Pereira, Mata do Segredo, Cruzeiro, Caiçara, Jardim Noroeste, Tiradentes, Jardim Autonomista, Santo Amaro, Rita Vieira, Jardim Batistão, Jardim Panamá, Vila Popular, Amambai, Chácara Cachoeira, Vila Santo Antônio, Centro, Pioneiros, Parque dos Novos Estados, Jardim Leblon, Jardim Parati, Chácara dos Poderes, Indubrasil, Jardim Seminário, Santa Fé, Vila Carlota e Jardim dos Estados. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clima
Chuva pode aparecer, mas calor predomina nesta sexta-feira em MS
Clima
Instabilidade pode provocar chuvarada em todo MS nesta quinta-feira
Clima
Temperaturas sobem e calor se instala de vez em MS nesta quarta-feira
Clima
Chuvas intensas: Inmet coloca 20 cidades de MS sob alerta de tempestade
Clima
Período de chuva dá uma pausa e calorão deve voltar com força em MS
Clima
Semana começa com tempo instável e Campo Grande pode ter chuvarada
Clima
Nebulosidade aumenta possibilidade de chuva neste domingo
Clima
Sábado tem previsão de instabilidade e tempestade em MS
Clima
Sexta-feira promete ser quente e quase sem chuva em MS
Clima
Meteorologia prevê misto de sol e chuva para a quinta-feira em MS

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Tragédia: Menino de 2 anos é enforcado até a morte e jogado em tanque de peixe
Polícia
Mulher pressentiu que iria morrer em conversa com a filha: 'Ele vai voltar e me matar'
Polícia
Filhos gritaram por socorro ao ver a mãe sendo esfaqueada e morta na Capital