Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Educação

MS terá educaçao à distânca no ensino médio

A modalidade será testada em três escolas do estado

13 janeiro 2019 - 12h02Da Redação com Assessoria

As escolas de ensino médio regular terão educação a distância em Mato Grosso do Sul. A mudança foi publicada em Diário Oficial e são três as unidades escolhidas pela Secretaria do Estado de Educação (SED) para testar a inserção da modalidade. 

Conforme a publicação do governo estadual, os alunos do primeiro ano do ensino médio das escolas 26 de Agosto, de Campo Grande, Celso Muller do Amaral, de Dourados, e Scila Médici, de Deodápolis, terão aulas não presenciais de Língua Portuguesa 1, Matemática 1, Física, História e Sociologia; no segundo ano, as disciplinas são Língua Portuguesa 1, Matemática 1, Biologia, Geografia e Sociologia; no terceiro ano, repetem-se Língua Portuguesa 1, Matemática 1 e acrescentam-se Química, Filosofia e Sociologia. 

De acordo com a SED, são disciplinas que contam com o auxílio de dispositivos tecnológicos – como computador e tablets – para o complemento das horas. “A metodologia é executada de acordo com a legislação, que nos permite manter até 20% das aulas no período diurno e até 30% do período noturno com essa modalidade de atendimento”, disse a secretaria por meio de nota.

A secretaria informou que os computadores das escolas estarão disponíveis. “Na prática, os estudantes possuem a opção de fazer essas disciplinas em casa ou na escola, que vai disponibilizar a estrutura para tal, mesmo que fora do horário regular de aulas. Os professores, que antes ministravam as aulas normalmente, passam a utilizar essa ferramenta. Vale destacar que são poucas matérias e o número de escolas também é reduzido”. 

O sistema que deve ser adotado pela SED é similar ao dos cursos de educação a distância (EAD), em que caso o aluno opte por assistir à aula em outro local, como residência ou cyber café, o professor estará on-line no sistema. “Se o aluno preferir ir à escola, os professores permanecem no mesmo ambiente, com o papel de tutor da aula, tirando dúvidas e acompanhando os andamentos”. 

No ano passado, o estado ficou abaixo no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica 2017 (Ideb), divulgado pelo Ministério da Educação. A meta de 4,6 não foi atingida pelo Ensino Médio, que obteve 3,8 de nota. O segundo pior desempenho do Centro-Oeste, perdendo apenas para Mato Grosso, cuja meta era de 4,4 e a nota foi de 3,6. A nota média da região foi 4 e a meta era de 4,7.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Prefeitura divulga classificação de processo seletivo para atuação na Reme
Educação
Cartão de confirmação do Encceja já está disponível
Educação
Profissões ligadas à tecnologia serão mais promissoras
Educação
Semed anuncia mais oito creches em inauguração no Santa Fé
Educação
Inscrições para bolsas remanescentes no ProUni começa nesta terça-feira
Educação
Prefeitura convoca candidatos de assistente educacional inclusivo aprovados
Educação
Ponta Porã perderá faculdade de computação por baixa procura
Educação
Prazo para renegociação de dívida com FIES é prorrogado pelo MEC
Educação
Prazo para renegociação de dívidas do Fies termina nesta segunda
Educação
ProUni abre inscrições para bolsas de estudo no dia 5 de agosto

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Motociclista bate em ônibus e morre no local
Internacional
Homem bomba mata 63 pessoas em festa de casamento
Polícia
Polícia encontra ponto de venda de drogas em falsa empresa de reciclagem
Geral
Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose