Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99647-9098
TJMS abril21
Esportes

Brasil e Holanda empatam no Serra Dourada

04 junho 2011 - 21h29Agência O Globo

Mesmo diante de 36 mil torcedores no Serra Dourada, e com uma boa atuação de Neymar, a seleção brasileira não passou do 0 a 0 com a Holanda no primeiro amistoso preparatório para a Copa América. E o técnico Mano Menezes continua sem vencer um adversário de tradição no cenário mundial, após as derrotas para Argentina, ano passado, e França, em fevereiro. O confronto deste sábado, o 11º entre os rivais, foi o primeiro a terminar com o placar inalterado. E o time brasileiro, que teve o apoio da arquibancada no primeiro tempo, saiu de campo sob vaias após o apito final.

- Acredito que nós, jogadores, poderíamos ter rendido um pouco mais. O primeiro tempo foi um pouco mais difícil, mas no segundo partimos para cima, e perdemos algumas oportunidades. Se tivéssemos aberto o placar, seguramente o jogo seria diferente - comentou o zagueiro Thiago Silva.

- A torcida quer ver gol, a gente sabe como é. Mas é o início de um trabalho, e no começo é sempre mais difícil - disse o goleiro Júlio César após o jogo.

Terça-feira, o Brasil volta a campo para enfrentar a Romênia, no Pacaembu, no jogo que marcará a despedida oficial do atacante Ronaldo, que deverá jogar cerca de 15 minutos apenas. Depois da partida, Mano anunciará os jogadores que irão para a Copa América na Argentina, em julho.

Holanda

A seleção começou jogando como a torcida goiana queria: buscando o ataque. Mas apesar da presença de um trio ofensivo formado por Neymar, Robinho e Fred, faltava concluir as jogadas. No único lance realmente objetivo, aos 12 minutos, Robinho recebeu de Neymar e cruzou para o gol de Ramires, mas o lance foi mal anulado por impedimento de Robinho, que estava na mesma linha do defensor holandês.

Neymar, que arrancava gritos das torcedoras cada vez que pegava na bola, era o mais perigoso do Brasil, mas quando teve sua melhor chance, demorou para concluir. Aos 16, ele aproveitou bobeada de Van der Wiel, dominou na área mas permitiu a recuperação do lateral. Veloz nos contra-ataques, a Holanda teve as chances mais perigosas do primeiro tempo. Aos 20, Van Persie, de cabeça, deixou Afelay livre diante de Júlio César, mas o goleiro brasileiro salvou com o pé esquerdo. Logo depois, Júlio César fez outra boa defesa em chute de longe de Van Persie.

Mano manteve a escalação na volta do intervalo, mas a seleção voltou com uma postura mais objetiva. Logo no primeiro minuto, Neymar foi lançado na área e tentou encobriu Krull, que esticou o braço e evitou o gol. Aos quatro, o atacante santista parou novamente no goleiro, em chute cruzado. A seleção começou uma blitz na área holandesa. Fred teve duas boas chances aos nove, mas na primeira não acompanhou Ramires e viu o cruzamento passar à sua frente, e na segunda furou de pé esquerdo.

Ramires é expulso na etapa final

Numa inversão de papéis, o zagueiro Thiago Silva viu sua conclusão a gol desviada pelo atacante Van Persie, aos dez. Dois minutos depois, Krull cortou parcialmente o chute de Robinho e Pieters tirou quase em cima da linha, antecipando-se a Fred. Aos 16, os dos técnicos começaram as substituições. No Brasil, saíram o volante Lucas Leiva e o meia Elano para as entradas de Sandro e do jovem Lucas, muito pedido pela torcida desde o primeiro tempo. Em seu primeiro lance, o atacante do São Paulo se jogou para cavar uma falta e recebeu cartão amarelo do juiz paraguaio Carlos Amarilla.

Ainda mais ofensiva, a seleção brasileira continou cercando com perigo a área holandesa. Neymar, o melhor em campo, recebeu cruzamento da direita e bateu de primeira, mas Krull voltou a impedir o gol do craque do Santos. A formação voltou a ser mais cautelosa com as trocas de Fred e Robinho por Leandro Damião e Elias. Aos 32, o Brasil ficou com um a menos, como na Copa da África do Sul: Ramires, que já tinha amarelo, fez falta violenta em Robben e foi expulso aos 32. A pressão brasileira diminuiu, e Krull só voltou a trabalhar em chute de longe de Sandro, aos 38. No fim, os jogadores deixaram o campo sob vaias.

BRASIL 0 X 0 HOLANDA

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data-Hora: 4/6/2011 - 16h10 (de Brasília)

Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)

Auxiliares: Rodney Aquino (PAR) e Cesar Franco (PAR)

Renda e público: R$ 3.120.625,00 / 31.019 pagantes

Cartões amarelos: Ramires, Daniel Alves, Lucas, Lúcio e Neymar (BRA); Van der Wiel (HOL)

Cartões vermelhos: Ramires 33'/2ºT (BRA)

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos (Adriano 38'2T); Lucas Leiva (Sandro 18'2T) , Ramires, Elano (Lucas 18'2T) e Robinho (Elias 28'2T); Neymar, Fred (Leandro Damião 28'2T). Técnico: Mano Menezes

HOLANDA: Krul, Van der Wiel (Boulahrous 39'2T), Heitinga, Mathijsen e Pieters; De Jong (Maduro 18'2T) , Afellay, Robben e Van Persie (Huntelaar 18'2T); Kuyt (Elia 18'2T) e Strootman (Schaars 28'2T). Técnico: Bert van Marwjik

Com informações da Agência O Globo.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Vídeo: polícia usa bala de borracha durante confusão no Campeonato Sul-Mato-Grossense
Esportes
Após quase 5 anos, Renato Gaúcho deixa o comando do Grêmio
Esportes
Conmebol recebe 50 mil doses da CoronaVac para vacinar jogadores
Esportes
Flamengo é bicampeão da Supercopa do Brasil; a disputa contra o Palmeiras foi decidida nos pênaltis
Esportes
Deixe seu palpite: Flamengo x Palmeiras, quem vence a supercampeão do Brasil
Esportes
Libertadores: Times brasileiros conhecem rivais da fase de grupos
Esportes
Copa do Brasil: Corinthians supera 'poderoso' Retrô nos pênaltis
Esportes
Academia "Life30" oferece aulas online gratuitas em semana restritiva
Esportes
Estrangeiros serão impedidos de entrar no Japão para Jogos Olímpicos
Esportes
Branco, lateral do tetra é internado com covid-19

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio