Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Esportes

Corinthians e Grêmio revivem rivalidade e tentam fugir de má fase

25 setembro 2013 - 10h24Via Uol
Dois dos maiores vencedores da Copa do Brasil, Corinthians e Grêmio reeditarão o duelo que já foi, por duas vezes, a final do torneio. Nesta quarta, no entanto, não é só a vaga na semifinal da edição deste ano que importa. A despeito da rivalidade e do histórico, os dois times iniciam o duelo preocupados em escapar da crise, que ronda os dois clubes no Campeonato Brasileiro.

A partida de ida do duelo, marcada para as 21h50, no Pacaembu, pode ser a tábua de salvação da dupla. O Corinthians não vence há seis jogos, mas conseguiu ao menos respirar um pouco com o empate por 0 a 0 contra o Cruzeiro, no último domingo. Um tropeço em casa, porém, pode reavivar todas as críticas que tiraram o sono de Tite na semana passada. O time hoje é 11º colocado no Nacional, e vê a vaga na Libertadores cada vez mais distante.

"Ainda não [passou a crise], ainda tem de ter calma. Tem de retomar um padrão e manter. É um momento difícil que todos vão passar no campeonato, é inevitável. Se tivesse vencido o Cruzeiro ia dar uma melhorada, mas não veio o resultado. Pode colocar que passou um pouco, mas ainda não", disse Tite.

No Grêmio, a situação não é tão caótica, mas o time vive seu momento mais delicado desde que Renato Gaúcho assumiu o comando. O time não vence há três jogos, tendo feito dois deles em casa, e perdeu a terceira posição no Brasileiro. Um bom resultado acalmaria a torcida e daria força ao time, que tem uma sequência difícil pela frente.

Em um confronto de Copa do Brasil, porém, é impossível pensar apenas no momento dos dois times. O Grêmio, ao lado do Cruzeiro, é o clube com mais conquistas no torneio. São quatro taças, seguido de perto justamente pelo Corinthians, com três.

Em 1995, os paulistas bateram o Grêmio de Luiz Felipe Scolari, que viria a ganhar a Libertadores daquele ano, de maneira histórica, com direito a uma vitória em pleno Olímpico, em Porto Alegre. Em 2002, os gaúchos deram o troco, levando o título com um 3 a 1 diante de um Morumbi lotado.

Treinador do Grêmio naquela época, Tite lembra com carinho a conquista que o lançou para o futebol. "Ali foi muito marcante, porque foi o maior 3-5-2 que vi uma equipe jogar. Era pressão alta, nosso time era muito móvel, com transições muito rápidas. Tinha o Zinho extraordinário, o Marcelinho [Paraíba], o Tinga", relembrou o técnico, que também já foi vítima do Corinthians no torneio.

"No Inter era o Ronaldo lá em cima, o Elias em um momento... O time do Corinthians estava muito bem, eram as duas melhores equipes do Brasil na época. Quando ganharam de 2 a 0 aqui eu sabia que ia ser difícil", disse o treinador, à época no Inter, sobre a final da Copa do Brasil de 2009.

Nesta quarta, a missão dele na armação do time foi "facilitada". A despeito de não poder contar com Guilherme, Guilherme Andrade, Renato Augusto, Fábio Santos e Alessandro, todos lesionados, Tite por pouco não perdeu Emerson e Romarinho em cima da hora. Na última terça, os dois foram julgados e absolvidos pelo STJD por terem sido expulsos diante do Luverdense, no primeiro jogo das oitavas.

Com isso, o Corinthians irá a campo com o ataque formado por Douglas, Danilo, Emerson e Guerrero, com Pato e Romarinho no banco. Do outro lado, também sobrarão estrelas no banco.

Curiosamente, a fase ruim do Grêmio ocorre justamente quando Renato Gaúcho tem todas as opções na mão. No último fim de semana, Zé Roberto, Elano e Vargas ficaram no banco de reservas contra o Vitória, o que deve se repetir nesta quarta. Com três zagueiros e três volantes, o Grêmio deve se contentar se deixar o Pacaembu com um empate na bagagem.

"Sabemos da força do time do Corinthians. Já joguei contra eles várias vezes. Além da torcida que pressiona muito. Sair com um bom resultado é fundamental. Se não der para vencer, empatar não é ruim", alertou o zagueiro Rhodolfo.

A partida ocorrerá às 21h50 (de Brasília), no Pacaembu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo
Esportes
Brasileirão deste sábado tem Flamengo, Corinthians e Santos
Esportes
Goleiros titular e reserva do Flamengo testam positivo para covid

Mais Lidas

Saúde
Confira a escala médica nas UPAs e CRSs nesta segunda
Geral
Eletricitários paralisam e exigem transparência de terceirizada da Energisa
Polícia
Filha é arrastada por 50 metros pendurada em carro ao tentar defender a mãe do padrasto
Clima
Casacos leves podem ser úteis nesta segunda que terá miníma de 18°C