Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Geral

A importância do uso do cinto de segurança nas viagens de ônibus

Agems alerta passageiros para uso do equipamento e destaca principais cuidados nos transportes coletivos

05 janeiro 2023 - 15h07Brenda Leitte, com Assessoria

Usar o cinto de segurança faz total diferença, mas a maioria dos passageiros que viaja de ônibus pelas estradas de Mato Grosso do Sul e do Brasil não costuma adotar essa simples medida, que pode mudar a vida de alguém em caso de acidente.

Assim como acontece nas viagens de carro de passeio, esse é um cuidado que precisa se tornar hábito nas viagens de transporte coletivo, seja em ônibus, micro-ônibus ou vans.

Nesse período do ano em que aumenta o movimento de viajantes, a Agems (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) fez um alerta chamando a atenção para a importância do uso do equipamento.

Ao embarcar, cada passageiro deve conferir se o cinto de segurança de sua poltrona está colocado sobre o assento, disponível para uso. Essa é uma obrigação da empresa transportadora: manter o cinto em perfeitas condições e deixa-lo visível, como um lembrete ao usuário.

“Nas vistorias periódicas e nas operações, os nossos fiscais conferem se está tudo correto. Mas é indispensável a conscientização do passageiro”, reforçou o diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis. “A segurança de cada um depende de todos”.

Por que o uso do cinto é tão importante?

O cinto mantém o passageiro seguro na poltrona. Em caso de parada brusca, colisão, desvio repentino, ou em ocorrências mais graves, o fato de estar com o cinto afivelado pode fazer a diferença entre sair ileso, sofrer ferimento de menor ou de maior gravidade ou perder a vida.

De acordo com estudos do Observatório Nacional de Segurança Viária, o uso do cinto reduz em 4 vezes o risco de passageiro se ferir. E a chance de sobreviver em uma ocorrência grave é sete vezes maior.

Sem o cinto de segurança, o passageiro pode ser arremessado até para fora do ônibus. E mais: com o veículo em movimento, uma pessoa de 70 kg, tem o corpo projetado para frente com o equivalente a um peso de 350 kg, por exemplo.

Além do risco de se machucar gravemente, o passageiro sem cinto pode causar ferimento em outros passageiros em uma ocorrência de acidente.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Anomalia Magnética sobre o Brasil continua crescendo
Geral
Anomalia Magnética sobre o Brasil continua crescendo
IDH brasileiro teve retrocesso de seis anos durante a pandemia
Geral
IDH brasileiro teve retrocesso de seis anos durante a pandemia
Projeto Ativa Idade envia palavras de amor e esperança para gaúchos
Geral
Projeto Ativa Idade envia palavras de amor e esperança para gaúchos
Hospital regional reforça doações de agasalhos infantis para o Cabide Solidário
Geral
Hospital regional reforça doações de agasalhos infantis para o Cabide Solidário
Foto: Agehab
Geral
Sancionado 'Novo Morar Legal' para a regularização de imóveis da Agehab
Governador Eduardo Riedel
Geral
Riedel sanciona reajustes salariais do Judiciário, Tribunal de Contas e Defensoria
Secretário Hélio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística)
Geral
Obras da 1ª rodovia de concreto em MS devem começar neste ano
Prefeita de Jardim é condenada por conduta vedada, mas escapa da cassação
Justiça
Prefeita de Jardim é condenada por conduta vedada, mas escapa da cassação
Foto: Divulgação/CCR MSVia
Geral
Corpus Christi: Mais de 235 mil veículos passarão pela BR-163 durante o feriadão
Vista panorâmica da Avenida Afonso Pena
Geral
Abre e fecha de Corpus Christi: Veja o funcionamento dos órgãos públicos e comércio

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal