Menu
Menu
Busca quinta, 29 de fevereiro de 2024
Geral

Adriane regulariza documentação de 50 famílias no Parque dos Sabiás

"Só vamos acabar com a pobreza se desenvolvermos ações que vão transformar a economia da cidade", afirmou a prefeita

26 maio 2023 - 08h10Sarah Chaves

Em comemoração ao Dia Nacional de Respeito pelo Contribuinte, nesta quinta-feira (25), a Prefeitura de Campo Grande entregou o Habite-se, documento que comprova a conclusão das obras em acordo com todas as exigências técnicas e legais, para 50 famílias moradoras do Parque dos Sabiás, loteamento entregue em 2021, construído integralmente pelo município.

Durante 15 anos, a Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários não havia feito entrega de casas com recursos próprios em sua totalidade. O Executivo Municipal projetou e executou o empreendimento por intermédio do programa Credihabita, no qual foi possível a aquisição de materiais de construção e a contratação de assistência técnica (modalidade ATHIS – Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social) a fim de viabilizar o loteamento.

O Parque dos Sabiás abriga atualmente 42 famílias do antigo loteamento Vespasiano Martins e mais 8 unidades que foram destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE-MS).

A prefeita Adriane Lopes ressaltou que só é possível fomentar o desenvolvimento social e econômico de Campo Grande mediante a inovação e um novo olhar para a gestão pública. “Nós só vamos acabar com a pobreza se desenvolvermos ações que vão transformar a economia da cidade, gerando renda, mais investimentos, desburocratizando as nossas ações do Poder Público, modernizando essas ações e aplicando celeridade em pautas de grande relevância como a conversão de impostos em bons serviços à população”, explicou.

Adriane Lopes complementa que no Dia Nacional de Respeito pelo Contribuinte, o município cumpre o seu dever de proporcionar a melhoria de vida dos habitantes da Capital. “É preciso melhorar as entregas com execução, não propondo, mas praticando, colocando a mão na massa e mostrando os resultados disso”.

Para o diretor-adjunto da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários, Claudio Marques, o evento de hoje ressalta a importância da arrecadação dos tributos em benefício das comunidades mais vulneráveis da Capital. “Com uma gestão eficiente, é possível transformar vidas, resgatar a dignidade de muitas famílias, além de proporcionar a elas um local digno de viver”, considerou.

Maria Mamedes Peres é uma das milhares de cidadãs que já foram beneficiadas pelos serviços promovidos pela Amhasf. Aos 31 anos, ela e o marido administram a nova casa. Mãe de 5 crianças, Maria se orgulha da casa onde mora hoje. “Saímos do Vespasiano Martins, de uma casa condenada para ser demolida. As paredes estavam rachando por conta da instabilidade do lençol freático, e fomos reassentados no Parque dos Sabiás. É uma nova moradia, um lugar melhor e mais apropriado para todas as famílias”, recorda.

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Inscrições para o concurso Caixa 2024 já estão abertas; saiba como fazer
Justiça
Defensoria Pública da União nega integrar grupo para criar cadeia para indígenas em MS
Geral
É hoje! Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 135 milhões
Geral
Estado reconhece 'Situação de Emergência' em Iguatemi por danos causado pela chuva
Geral
Gerson Claro quer inclusão imediata da duplicação da BR-060 em projeto de obras
Geral
Ajuda: ONG da Capital pede doações para continuar com resgates
Geral
Homens ricos investem em média de R$ 3 a 7 mil em um encontro, aponta pesquisa
Interior
Erosão ameaça moradias em Amambai e MPMS investiga prefeitura
Justiça
TJMS decide se "Xande" vai a júri por matar adolescente com três tiros em Campo Grande
Geral
Faculdade Instead sediará o 2º Encontro de Mulheres Empreendedoras em março

Mais Lidas

Vídeos
Vídeo: Travesti bate em jovem e tribunal a pune
Justiça
Ex-secretários de saúde de Glória de Dourados são condenados pelo TCE-MS
Polícia
Bêbadas, mulheres dizem ter sido abandonadas pela PM na BR-163 após suposta abordagem
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km