Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Secovi
Geral

Agems tem nota máxima em fiscalização da geração de energia

Dados são do relatório de metas da Aneel

04 abril 2023 - 08h10Sarah Chaves, com informações da Agems

Em relatório divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (AGEMS) aparece com nota máxima na fiscalização dos serviços de geração de energia.

O levantamento é relativo aos 1º, 2º e 3º períodos de 2022, avaliando o trabalho executado conforme previsto no Contrato de Metas para o período de janeiro a setembro, a média das notas obtidas atingiu 100%. A meta mínima esperada é de 86%.

"Estamos trabalhando para tornar nossa Agência cada vez mais eficiente e oferecer sempre os melhores resultados ao cidadão. É uma satisfação ter esse reconhecimento”, comemora o diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis. “A energia é um elemento fundamental na vida das pessoas e nós nos sentimos ainda mais motivados para continuar executando o bom trabalho, para garantir que desde lá da ponta, onde a energia é produzida, tudo seja feito com qualidade e de forma segura”.

O diretor de Gás e Energia, Valter Almeida da Silva, explica que tudo é avaliado. "As fiscalizações de campo ou monitoramentos remotos, os relatórios produzidos a partir das inspeções, a forma e conteúdo, e até mesmo a execução financeira, ou seja, a forma como empregamos os recursos repassados, tudo isso é minuciosamente avaliado”.

A pontualidade das entregas foi integralmente cumprida em todos os 20 produtos analisados. A adoção da forma adequada de fazer essa entrega também garantiu aprovação em 20 de 20 peças avaliadas. E ao analisar qualidade e coerências das informações apresentadas, a Aneel também aprovou 100% dos 60 produtos.

Em 2022 os engenheiros e especialistas da Câmara Técnica de Energia inspecionaram Usinas Hidrelétricas, Pequenas Centrais Hidrelétricas, Centrais Geradoras Hidrelétricas.

 

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Justiça
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Imagem: Arquivo/
Justiça
PGE recorre para manter acordo de desmatamento no Parque dos Poderes
Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Justiça
TCE-MS orienta gestores sobre condutas vedadas em ano eleitoral
 José Márcio Ferreira Dos Santos na viagem de 2016
Geral
Passando por 14 países, empresário irá ao Alaska sobre duas rodas
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 24/05/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 24/05/2024
Silas e Aysla foram mortos por engano
Geral
Justiça aceita denúncia e torna réus acusados de morte de adolescentes na Capital
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Justiça
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Dos R$ 6 milhões desviados, Gaeco recuperou R$ 800 mil até as primeiras horas da investigação
Justiça
Para 'desbaratar' grupo de Cezário, Gaeco fez monitoramento em campo
Secretaria de Saúde de MS define repasses para o 'MS Vacina Pet'
Geral
Secretaria de Saúde de MS define repasses para o 'MS Vacina Pet'
Silas e Aysla foram mortos por engano
Polícia
Grupo que matou adolescentes por engano são isolados na Gameleira

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil