Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Governo - Dengue Fev24
Geral

Agroindústrias devem se atentar às novas regras para rótulos de alimentos

As normas visam facilitar a legibilidade das informações nutricionais e auxiliar nas escolhas saudáveis

16 outubro 2022 - 17h33Taynara Menezes

As novas regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para rotulagem de embalagens de alimentos já estão em vigor e as Agroindústrias familiares precisam se atentarem as normas que visam facilitar a legibilidade das informações nutricionais e auxiliar os consumidores a fazer escolhas alimentares mais saudáveis.   

Estabelecida pela Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº 429 e Instrução Normativa nº 75, a economista doméstica da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Mariana Marques Corrêa, destaca que entre as principais mudanças estão a inserção de um símbolo de lupa na rotulagem nutricional frontal para informar se o alimento possui alto teor de açúcar adicionado, gorduras saturadas e de sódio.

“Esses ingredientes estão diretamente relacionados a doenças como hipertensão, diabetes e obesidade. Por isso é necessário destacar essas informações para que o consumidor possa visualizá-las com maior facilidade e ficar atento aos riscos”, ressaltou a economista doméstica. 

Outras mudanças previstas são a padronização da Tabela de Informação Nutricional que passa a ter somente o fundo branco e letras pretas para facilitar a leitura; a declaração de açúcares totais e adicionados, do valor energético e de nutrientes por 100g ou 100ml; além disso, a tabela deverá estar localizada, em geral, próxima à lista de ingredientes e em superfície contínua, não sendo aceita divisão. 

Alimentos fabricados por agricultores familiares ou empreendedores familiares rurais, empreendimento econômico solidário, microempreendedor individual, agroindústria de pequeno porte, agroindústria artesanal e alimentos produzidos de forma artesanal terão o prazo de dois anos para se adequarem às novas regras, ou seja, até 9 de outubro de 2024. Clique aqui e confira os prazos determinados pela Anvisa. 

Ajuda

A Agraer oferece assistência técnica gratuita às agroindústrias que atende e que precisam se adequar às novas regras. A solicitação deve ser feita pelas agências locais da Agraer nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul ao setor de Agroindústrias e Compras Públicas do órgão.

 “Uma das atribuições do nosso setor é assessorar o produtor com a elaboração dos rótulos e das embalagens, incluindo as informações nutricionais. Nós já estamos elaborando os rótulos de produtos novos de acordo com a legislação em vigor e, conforme a demanda dos produtores, iremos adequar as embalagens antigas às novas regras em conformidade com o prazo estabelecido pela Anvisa”, destacou a responsável pelo setor, Denise de Miranda. 

Para obter mais informações sobre as novas regras e o auxílio da Agraer para adequação das embalagens, o produtor familiar deve estar cadastrado como agroindústria acompanhada pela Agraer. Clique aqui e confira o endereço e o telefone dos escritórios locais. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Adjunto da Sefaz, Lauri Luiz Kener se aposenta
Justiça
Dívida de R$ 50 mil com a União pode bloquear bens de ex-candidato e empresário de MS
Justiça
"Jamilzinho" recorre ao STJ para evitar júri no caso Playboy da Mansão
Geral
JD1TV: Fiems lança obra de R$ 58,5 milhões do Centro Integrado em Ribas
Geral
É muito dinheiro! Mega-Sena acumula e prêmio passa a ser de R$ 110 milhões
Justiça
Justiça mantém prisão de acusado pelo assassinato da professora Márcia Ortiz na Capital
Geral
BBB 24 - Depois de cinco horas de prova, Beatriz e Isabelle faturam liderança
Justiça
STJ suspende decisão do TJMS e prefeitura deve rever contrato com Consórcio Guaicurus
Internacional
Canção israelense abre polêmica em festival internacional
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 23/02/2024

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Tragédia: Menino de 2 anos é enforcado até a morte e jogado em tanque de peixe
Polícia
Mulher pressentiu que iria morrer em conversa com a filha: 'Ele vai voltar e me matar'
Polícia
Filhos gritaram por socorro ao ver a mãe sendo esfaqueada e morta na Capital