Menu
Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2024
TJMS Abril24
Geral

Alerta: Após denúncia de moradores, Energisa esclarece conta duplicada e reforça cuidados

Consumidores de cidades do interior relatam corte de luz depois do pagamento de 'fatura falsa'

01 março 2024 - 12h54Sarah Chaves    atualizado em 04/03/2024 às 08h44

Moradores de várias regiões do Mato Grosso do Sul denunciaram o pagamento de contas falsas de energia, de golpistas que usam os dados das unidades consumidoras para obter dinheiro por pagamento via Pix.

O aviso foi dado inicialmente através de um grupo de WhatsApp, não foi localizado o autor do áudio ao qual a reportagem teve acesso, no entanto ele afirma que ao receber o Qr Code para pagar a conta de luz, os consumidores acabam depositando em uma conta terceira sem saber e só percebem que caíram em um golpe após terem a luz cortada.

O aviso fala principalmente de casos em Chapadão do Sul e o JD1 entrou em contato com o Procon do Município e foi informado que no mês de fevereiro, pelo menos quatro casos foram relatados na região, cujo pagamento foi feito pelo Qr Code do aplicativo da Energisa.

Com o prejuízo dos consumidores, a instituição conseguiu restituir o dinheiro de dois moradores, através de intermediação com a Energisa e a instituição bancária.

Em Água Clara, não foi diferente, a informação obtida pelo JD1 junto ao Procon Municipal é de que as reclamações de pagamento de guias falsas da conta de luz começaram no início de fevereiro, e como a concessionária não recebe o pagamento da conta, o usuário tem a energia cortada.

O JD1 entrou em contato com a Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), que confirmou ter recebido oito reclamações, entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, relacionadas ao pagamento guias falsas e orienta o consumidor a sempre "optar pelo acesso ao documento por canais oficiais das empresas, evitando links encaminhados ou resultados de páginas de pesquisa".

"Caso tenha sido vítima, o consumidor deve imediatamente registrar um boletim de ocorrência listando todas as informações do documento fraudado, o comprovante de pagamento e as mensagens enviadas pelo golpista. Vale ainda informar a situação ao seu banco e a empresa que deveria receber o valor".

Já em relação a imagem divulgada nas redes sociais com uma suposta via original da conta e uma menor que seria falsa, a Energisa informou que as duas faturas que aparecem na imagem são originais e emitidas pela Distribuidora de Energia.

A maior é o talão de energia comum referente ao consumo mensal. Já o talão menor trata-se de uma notificação de conta vencida em aberto. A empresa esclarece que esse tipo de comunicação, oficial, ao cliente está previsto na resolução 1000 da Aneel e é entregue por colaboradores da Energisa ou empresa terceirizada para clientes inadimplentes”.

O reaviso possui os dados do cliente, como o número da unidade consumidora e um quadro em destaque na cor laranja com o nome 'Reaviso de vencimento'. “É uma forma de relembrar sobre um débito em aberto para aquele imóvel, informar que a unidade está sujeita a corte, além de orientar sobre as formas para pagamento da conta”.

Cuidados

A Energisa reforça que é importante o cliente sempre observar seus dados na fatura e antes de confirmar o pagamento. É importante revisar:

- Valores

- Data de vencimento 

- Destinatário que deve ser Energisa Mato Grosso do Sul Distribuidora de Energia S/A, bem como o CNPJ da empresa.

Em caso de dúvidas, o cliente pode entrar em contato com a Energisa através de um dos canais oficiais de atendimento ou solicitar uma segunda via de conta pelo WhatsApp (Gisa): (67) 9 9980-0698.

Vale lembrar que denúncias ou reclamações podem ser encaminhadas ao Procon/MS por meio de seus canais de atendimento oficiais: Disque Denúncia 151, formulário fale conosco ou reclamação online no site www.procon.ms.gov.br.

 

Matéria editada às 16h56 do dia 1°/03/2024 para inclusão de informações

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vereador Claudinho Serra
Justiça
Advogado pede reconsideração de liminar para soltura de "Claudinho Serra"
Foto: Redes sociais
Geral
Morte do Golden 'Joca' será investigada pela ANAC
Prefeitura melhora iluminação e faz manutenção de espaços públicos em bairros da Capital
Geral
Prefeitura melhora iluminação e faz manutenção de espaços públicos em bairros da Capital
Fachada do TCE-MS
Interior
TCE 'barra' chamamento público de R$ 12 milhões para gerenciamento de saúde em Selvíria
Cigarro eletrônico
Geral
Anvisa publica resolução que proíbe cigarro eletrônico no Brasil
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Interior
Ex-pregoeira presa em Sidrolândia alega ser mãe solteira e pede liberdade
Waldecy Batista Nunes, o "Chocolate" -
Cidade
Ex-vereador "Chocolate" assume cargo na Câmara Municipal de Campo Grande
Renovação Carismática Católica realiza 3ª ação 'Abraço do Pai' neste sábado
Geral
Renovação Carismática Católica realiza 3ª ação 'Abraço do Pai' neste sábado
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 6 milhões para quinta-feira
Geral
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 6 milhões para quinta-feira
IPVA vencido poderá ser pago de maneira parcelada em MS
Geral
IPVA vencido poderá ser pago de maneira parcelada em MS

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
"Eu não tenho dúvida que o Beto Pereira terá capacidade, se eleito for, de fazer as grandes transformações e reformas que Campo Grande precisa", enfatiza ex-governador.
Política
JD1TV: Reinaldo diz que problemas locais "pesarão mais" que Bolsonaro