Menu
Menu
Busca quinta, 30 de maio de 2024
Secovi
Geral

Anvisa publica resolução que proíbe cigarro eletrônico no Brasil

Medida entra em vigor nesta quarta-feira

24 abril 2024 - 11h55Luiz Vinicius, com informações da Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta quarta-feira (24) resolução que proíbe a fabricação, a importação, a comercialização, a distribuição, o armazenamento, o transporte e a propaganda de dispositivos eletrônicos para fumar, popularmente conhecidos como cigarro eletrônico.

O texto define os dispositivos eletrônicos para fumar como “produto fumígeno cuja geração de emissões é feita com auxílio de um sistema alimentado por eletricidade, bateria ou outra fonte não combustível, que mimetiza o ato de fumar”. Estão incluídos na categoria e, portanto, proibidos:

- produtos descartáveis ou reutilizáveis;

- produtos que utilizem matriz sólida, líquida ou outras, dependendo de sua construção e design;

- produtos compostos por unidade que aquece uma ou mais matrizes: líquida (com ou sem nicotina); sólida (usualmente composta por extrato ou folhas de tabaco – trituradas, migadas, moídas, cortadas ou inteiras, ou outras plantas); composta por substâncias sintéticas que reproduzam componentes do tabaco, de extratos de outras plantas; por óleos essenciais; por complexos vitamínicos, ou outras substâncias;

- produtos conhecidos como e-cigs, electronic nicotine delivery systems (ENDS), electronic non-nicotine delivery systems (ENNDS), e-pod, pen-drive, pod, vapes, produto de tabaco aquecido, heated tobacco product (HTP), heat not burn e vaporizadores, entre outros.

A publicação proíbe ainda o ingresso no país de produto trazido por viajantes por qualquer forma de importação, incluindo a modalidade de bagagem acompanhada ou bagagem de mão. “O não cumprimento desta resolução constitui infração sanitária”, destacou a Anvisa no texto.

Na última sexta-feira (24), a diretoria colegiada da Anvisa decidiu por manter a proibição de cigarros eletrônicos no Brasil. Os cinco diretores da agência votaram para que a vedação, em vigor desde 2009, continue no país. Com a decisão, qualquer modalidade de importação desses produtos fica proibida, inclusive para uso próprio.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

O prazo para realização do exame termina nesta quinta-feira (30), após ter sido prorrogado
Geral
Motoristas que não fizeram a renovação do exame toxicológico começam a ser autuados amanhã
Lavanderias tem sistema de lavagem "self service" e precificação por peça
Geral
Com onda de frio, procura por lavanderias cresce na Capital
Foto: CBMMS
Geral
Nova Lei regulamenta encaminhamento de pacientes pelo Samu a hospitais privados
Cadela Laika
Geral
Cadela do Corpo de Bombeiros de MS encontra família soterrada em fazenda do RS
Foto: divulgação/Marcha pela Vida de Fortaleza
Geral
"Marcha Pela Vida" entra para o calendário oficial de Mato Grosso do Sul
Rio Grande do Sul vive estado de calamidade pública após enchentes
Geral
Riedel prorroga data de recolhimento do ICMS de empresas do Rio Grande do Sul
TJ teve dois destaques em ranking do CNJ
Justiça
TJ teve dois destaques em ranking do CNJ
Mais uma remessa de copos de água foram enviados para o Rio Grande do Sul
Geral
Mais ajuda: Sanesul envia copos de água a vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul
Bilhete da Mega-Sena
Geral
Vai subindo! Mega-Sena segue sem vencedor e prêmio chega a R$ 80 milhões
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Política
Suplente do PSDB assume vaga na Câmara de Campo Grande

Mais Lidas

Sensação térmica chegou a 1,7°C em Campo Grande durante a madrugada desta terça
Clima
Sensação térmica chegou a 1,7°C em Campo Grande durante a madrugada desta terça
Frio de gelar os ossos chega em MS
Clima
'Isfriô' demais: Sensação térmica bateu -1,3°C em Campo Grande na madrugada de hoje
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Secretário Hélio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística)
Geral
Obras da 1ª rodovia de concreto em MS devem começar neste ano