Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Geral

Bairro Nova Lima receberá o plantio de mil mudas de árvores

17 dezembro 2011 - 09h32Arquivo

Na próxima segunda-feira (19), às 8 horas, mais um bairro de Campo Grande será contemplado com o projeto Via Verde. Desta vez, o escolhido foi o bairro Nova Lima, onde serão plantadas mil mudas de árvores. O bairro é o segundo mais populoso de Campo Grande, segundo o censo IBGE/2010. O evento acontecerá na rua Zulmira Borba esquina com a Rua Jerônymo, onde estarão presentes o prefeito Nelson Trad Filho e o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Marcos Antônio Moura Cristaldo.

Entre as ruas em que o plantio será realizado estão: Jerônimo de Albuquerque, Marquês de Herval, Matias de Albuquerque e Botafogo. As espécies das árvores escolhidas para a região são adequadas para o plantio em passeios públicos e se adaptam às novas regras do Plano Diretor de Arborização Urbana, entre elas estão a aroreira pimenta, pata-de-vaca, caroba, ipê roxo e saboneteira.

Projeto Via Verde já plantou 10 mil árvores

O projeto Via Verde visa ao plantio de espécies arbóreas apropriadas para os passeios públicos, como alternativa para recompor os espaços vazios, preservar o meio ambiente e proporcionar uma melhoria na qualidade de vida aos campo-grandenses, fazendo parte do programa de Arborização Urbana de Campo Grande. Desde seu lançamento em setembro de 2010, por meio do projeto foram plantadas cerca de 10 mil árvores em diversas regiões da cidade.

De acordo com levantamento realizado pela Divisão de Fiscalização de Áreas Verdes e Posturas Ambientais (DFAP), o índice de depredação das árvores plantadas é próximo a 40%. Um exemplo deste índice foi o plantio de 350 mudas realizado na avenida Fraiburgo, no bairro Moreninha, onde a destruição atingiu 85% das árvores plantadas.

"Atualmente, o projeto está plantando 1.200 mudas de árvores na região do bairro Amambaí, lá existem muitas árvores antigas. Então, trabalhamos no manejo e adequação do local ao Plano Diretor de Arborização Urbana do município", afirma Orsival Simões Júnior, diretor da Divisão de Fiscalização de Áreas Verdes e Posturas Ambientais, que pede a contribuição dos moradores do bairro para ajudar na preservação das mudas.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Marcos Antônio Moura Cristaldo também salientou a importância da parceria entre poder público e população, para que os índices de depredação das árvores diminuam. "A arborização contribui para a qualidade de vida, diminuindo a poluição atmosférica, sonora e visual, além de preservar o solo, diminuindo erosões e enchentes. Esperamos que a população colabore com o projeto, preservando as mudas plantadas nas proximidades de sua residência", ressaltou Cristaldo.

Para saber mais sobre o programa de Arborização Urbana de Campo Grande acesse: http://www.capital.ms.gov.br/meioambiente

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo - Energisa terá até helicóptero para possível vendaval
Geral
Vídeo - "Seremos eficientes", garante Marquinhos sobre vendaval
Geral
Ministro do TSE fala sobre confiabilidade de urnas eletrônicas ao JD1 Notícias
Geral
Pfizer tem alta eficácia contra Covid em crianças, diz estudo
Geral
Depois da capital, Estado também decreta ponto facultativo dia 1° de novembro
Geral
Ao vivo: Corpo de Bombeiros fala sobre plano de prevenção para tempestade prevista no fim de semana
Geral
Você tem alguma história de terror real legal para contar? Mande para o JD1 Notícias
Geral
Trecho da Rui Barbosa será interditado durante uma semana
Geral
Shoppings da Capital se unem à CDL para ajudar famílias afetadas pelo temporal
Geral
Para custear exame de filho com DMD, mãe faz barras de chocolate para vender

Mais Lidas

Polícia
Homem pula o muro e flagra a ex-mulher com outro e transtornado agride ela e tranca os dois
Brasil
Vídeo: Homem se desespera ao ver que racha com os amigos acabou em morte
Geral
Com oito filhos, mãe anuncia gravidez de gêmeos e dispara: 'queremos mais'
Geral
Pastor embolsa R$ 30 milhões da Igreja Universal e foge