Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Campo Grande terá 32 mil casas borrifadas com inseticida contra a leishmaniose

26 janeiro 2012 - 10h11Reprodução

Começou na terça-feira, 24 de janeiro, o movimento para a prevenção da Leishmaniose em Campo Grande, encabeçado pelo Centro de Controle de Zooneses (o CCZ), que irá borrifar inseticida em 32 mil residências de oito bairros da capital.

A medida, chamada Leishmaniose-Vetor, foi adotada para evitar o crescente número de casos, que no ano passado chegou a 199, de acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). Em janeiro, os agentes do CCZ trabalharão nos bairros Santo Amaro e Lageado. Tiradentes, Aero Rancho, Vila Nasser, Jardim Panamá, Coronel Antonino e Vila Popular, regiões que estão entre as que mais registraram casos da doença nos últimos três anos, receberão a aplicação do inseticida até o mês de abril.

Apesar de minimizar o contato do mosquito transmissor da doença com pessoas, é importante ressaltar que os cães não ficam protegidos uma vez que vivem nos quintais, e o inseticida é aplicado dentro de casa, para evitar que o vetor entre e se alimente de sangue humano. A eficácia do veneno é de aproximadamente quatro meses. Após feita a aplicação, os moradores da casa devem aguardar uma hora para entrar e limpar o local.

Entenda a doença
A leishmaniose visceral é uma doença infecciosa (não contagiosa), causada por protozoário da família Tripanosoma, gênero Leishmania e espécie Leishmania chagasi. A transmissão em humanos ocorre por meio do mosquito fêmea, conhecido popularmente por mosquito-palha, birigui, asa branca, tatuquira e cangalhinha.

Os sintomas são: febre alta, aumento do volume do fígado e do baço, emagrecimento, complicações cardíacas e circulatórias, desânimo e palidez. Diarreia, hemorragias e até mesmo tosse podem aparecer em determinados casos. A doença pode ser tratada, mas se não for decentada a tempo pode evoluir e levar à marte até 90% dos doentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Corumbá recebe duas aeronaves para auxiliar as equipes nos combates a incêndio
Geral
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
Geral
Nota MS Premiada terá o 8° sorteio de R$ 300 mil nesta quarta
Geral
Outubro pode começar sem toque de recolher
Geral
Vídeo: "Homem enfiando no c* do outro não é de Deus”, diz mulher ao ameaçar casal gay
Geral
Capital perde Pierre Adri
Geral
Super salário é a "cruz" para Harfouche na campanha
Geral
Empresa cria aplicativo para detectar incêndios e desmatamento
Geral
Homem visita academia, passa mal e morre em Campo Grande
Geral
MP e Fiems unem-se contra compra de votos

Mais Lidas

Cidade
Lei que prevê multas e punições para quem passar trote no 190 e 193 foi sancionada hoje
Justiça
Bolsonaro sanciona lei sobre maus-tratos a animais acompanhado do pitbull Sansão em Brasília
Polícia
Jovem é assassinada com oito tiros na Capital
Cidade
Funsat Itinerante vai atender na Vila Popular nos dias 01 e 02 de outubro