Menu
Busca quinta, 22 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Governo - Dengue Fev24
Geral

Com rios cheios, Defesa Civil mantém alerta de atenção em MS

Devido as fortes chuvas a região sudoeste do estado é a mais preocupante para a coordenadoria

03 março 2023 - 09h12Taynara Menezes

Com os rios cheios, devido as fortes chuvas, a Cedec (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil) de Mato Grosso do Sul se mantém em alerta, principalmente, na região sudoeste do Estado. A situação que mais preocupa no momento é a subida do rio Apa, que passa por vários municípios localizados na fronteira com o Paraguai.

Conforme o meteorologista do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), Vinicius Sperling, entre quarta (1) e quinta-feira (2), foram registrados 140 mm de chuva em Bela Vista - onde o excesso de chuvas fez a aferição dos últimos 30 dias chegar aos 385 mm, e a dos últimos 60 marcar 678 mm acumulados.

Em Antônio João também houve registro de chuvas consideráveis, assim como Bela Vista, também está o curso do rio Apa. "Provavelmente o nível do rio Apa suba ainda mais. A previsão indica continuidade das chuvas na região", diz Sperling.

Os rios Miranda e Paraguai seguem no radar uma equipe da Cedec está em Porto Murtinho, que margeia o rio Paraguai, enquanto outra está em Jardim, onde passa o rio Miranda. Uma terceira equipe saiu ontem para Bela Vista.

Das cidades acimas, apenas Porto Murtinho e Antônio João decretaram em Diário Oficial municipal situação de emergência. 

Monitoramento

O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de mato Grosso do Sul) explica que o nível dos rios, em especial na região sudoeste, até ontem apenas um ponto permanecia sob status de emergência: o do rio Miranda na Estrada MT-738, próximo à Bonito. Ali, a marca era de 8,06 metros.

Mesmo que 1,56 metros acima do considerado estágio de alerta, o número é praticamente 1,60 metros menor do que o verificado até quarta, quando chegou aos 9,63 metros. Já o rio Paraguai, em Porto Murtinho, está 2 metros aquém do nível emergencial

Contudo, há perspectiva que haja súbito aumento do nível, por ser uma área específica que recebe às águas dos rios Apa e Amonguija.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Usuários terão mais facilidade ao buscar por benefícios sociais no Google
Geral
JD1TV: Motociclista é multado por carregar cachorro na "gAUrupa" de moto no DF
Geral
Caixa fará leilão online em março; MS terá três imóveis disponíveis
Geral
Filho de Eliza Samudio assina 1º contrato com clube no dia em que mãe faria 39 anos
Geral
URGENTE: Estudante é morto a tiros após criminosos invadirem escola em Teresina
Geral
JD1TV: Objeto de luz misterioso é registrado no céu em Rio Grande do Sul
Brasil
Deputado federal tem sigilos bancário e fiscal quebrados por suposta 'rachadinha'
Brasil
Cerimônia de posse de Flávio Dino como ministro do STF acontece hoje
Justiça
TJMS reduz pena de homicida para 12 anos por crime no Jardim Centenário
Política
"Queda da Bastilha", diz Delcídio após ataque de Gilmar

Mais Lidas

Polícia
Filhos gritaram por socorro ao ver a mãe sendo esfaqueada e morta na Capital
Polícia
Mulher pressentiu que iria morrer em conversa com a filha: 'Ele vai voltar e me matar'
Polícia
AGORA: Homem não aceita fim do casamento e mata ex com facada no peito em Campo Grande
Polícia
JD1TV AGORA: Polícia prende homem que matou a ex-mulher em Campo Grande