Menu
Menu
Busca sexta, 19 de abril de 2024
Geral

Com risco do Vírus H1N1 escolas do interior ficarão sem aula

18 maio 2016 - 13h39James Viana

Com o clima mais frio aumentam os riscos de contrair gripe, preocupados com esse risco os prefeitos de Rio Brilhante, Sidney Foroni (PMDB), e o prefeito de Naviraí, Léo Matos resolveram suspender as aulas nas escolas, Creches públicas e estudam adotar essas medidas nas universidades escolas particulares. Os prefeitos usaram as redes sociais para poder explicar o motivo da paralisação.

Sidney, prefeito de Rio Brilhante, cidade a 162 km de Campo Grande fez anunciou a decisão em uma postagem na noite desta terça-feira (17), a interdição por dez dias a Creche Frei Everardo Kremper, por causa de dois casos já confirmados de crianças com o vírus H1N1, além dos casos que já foram confirmados, há outros dois casos suspeitos que estão sendo investigados. A creche fica localizada na Rua Prefeito Athayde Nogueira na Vila Fátima.

O prefeito destaca que não há outra medida para prevenção que possa ser feita neste momento para evitar a contaminação a não ser de afastar as crianças para não serem afastadas por outras crianças.

“Contamos com a compreensão de todos, e prestem muita atenção e tome os cuidados necessários com seus filhos. Em dúvida procure o posto de saúde mais próximo e vacine seus filhos”, destacou na postagem Sidney Foroni.

Anunciado na última segunda-feira (16), as aulas no município de Naviraí, estão suspensas a partir de hoje (18), Léo Matos, prefeito da cidade anunciou em seu Facebook que as aulas da rede pública de ensino em comum acordo com as secretárias de educação estão suspensas por 10 dias visando evitar uma epidemia de H1N1 na cidade.

“Momento é pensar no bem estar da população naviraiense, para assim evitarmos uma epidemia do vírus H1N1", destacou o prefeito na sua postagem.

A diretora da escola municipal Ângela Maria de Oliveira de Naviraí destacou que, devido à preocupação com a gripe, muitos pais de alunos mandavam mais os filhos às escolas. Ela destacou que houve um aumento no número de atestado médico dos professores. “Tem salas com apenas oito alunos. Apenas hoje foram cinco professores afastados por atestado e outros seis na escola Marechal”, finalizou Ângela.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Justiça
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
1º Ecoponto itinerante recebeu mais de 20 toneladas de resíduos em cinco dias na Capital
Geral
1º Ecoponto itinerante recebeu mais de 20 toneladas de resíduos em cinco dias na Capital
Foto: Divulgação
Geral
MS Qualifica: Senai oferta 355 vagas em cursos de qualificação em 13 cidades
Foto: Caio Correia - Professor de física da UFCG
Geral
Saiba como observar o "Cometa do Diabo", visível no Brasil a partir deste domingo
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula outra vez e chega a incríveis R$ 100 milhões
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Escândalo em Sidrolândia, conheça os nomes e as denúncias
Ademar Silva Junior é o novo secretário de Desenvolvimento e Agronegócio
Geral
Ademar Silva Junior é o novo secretário de Desenvolvimento e Agronegócio
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 19/04/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 19/04/2024
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica

Mais Lidas

Aeronave de asa rotativa caída na grama no aeroporto
Geral
JD1 Urgente: Helicóptero cai no aeroporto Santa Maria
JD1TV: Após furtar moto, ladrão tenta extorquir soldado do Exército em Campo Grande
Polícia
JD1TV: Após furtar moto, ladrão tenta extorquir soldado do Exército em Campo Grande
Caramelo e Stivizinha
Comportamento
JD1TV: Animais de rua viram 'cãopanheiros' de serviço em atacadista e base da GCM da Capital
Professora grampeia bilhete em camisa de criança de 5 anos em Nova Friburgo
Geral
Professora grampeia bilhete em uniforme de aluno de 5 anos e gera revolta