Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Comboio com 3 milhões de maços de cigarro deixa MS com destino ao DF

28 novembro 2011 - 12h16Simão Nogueira

O comboio de 11 carretas carregadas com três milhões de maços de cigarro deixou Campo Grande na manhã desta segunda-feira (28) com destino a Brasília. A mercadoria contrabandeada será incinerada em um mutirão nacional em comemoração ao Dia Nacional de Combate à Pirataria e Biopirataria, no próximo dia 3 de dezembro.

Segundo a delegada adjunta da Receita Federal, Adalgisa Fugita, as mercadorias foram apreendidas no segundo semestre deste ano nas regiões dos municípios de Campo Grande, Nova Alvorada e Três Lagoas durante as operações Agata 3, Sentinela e Leão no Asfalto.

Durante o trajeto, o comboio será acompanhado por policiais rodoviários federais. Além da PRF, integram a operação o CMO (Comando Militar do Oeste), Base Aérea de Campo Grande, Procuradoria da Fazenda Nacional, Corpo de Bombeiros, Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Polícia Civil e Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul). Toda a operação envolve 100 homens, de acordo com a delegada adjunta da Receita.

Esse é o segundo comboio de produtos contrabandeados que deixa o Estado com destino a Brasília. Ele deve chegar na capital federal na terça-feira (29). O primeiro, formado por dez veículos, saiu na semana passada e ainda há previsão de saída de mais dois comboios de Campo Grande, de acordo com a Receita Federal.

Além dos cigarros, serão levados para destruição em Brasília produtos contrabandeados como: óculos, CDs e DVDs.

De acordo com a DRF, as apreensões por contrabando e descaminho tiveram salto de R$ 43 milhões em 2007 para R$ 110 milhões até agora em 2011. Somente as apreensões de cigarros contabilizaram R$ 7,88 milhões em 2007 contra R$ 37 milhões, de janeiro a outubro de 2011.

Dados da Receita Federal apontam que a região Centro-Oeste é a principal porta de entrada de mercadorias contrabandeadas do Paraguai. Até 2009, o estado do Paraná era a rota mais utilizada pelos contrabandistas.

Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Reinaldo paga servidores nesta quinta
Geral
Pastor Dinho melhora e já está consciente
Geral
Campo-grandenses têm até 1h da madrugada para "ficar na rua"
Geral
Vitinho Park reabre nesta quarta
Geral
Fazendeiro mata eletricista que cortou luz por inadimplência
Geral
Vídeo - Raíssa perde o controle e joga creme em participantes da Fazenda
Geral
Gaeco cumpre mandados de busca em empresas de MS
Geral
Mulher suspeita que a atual namorada do seu ex-marido tenha envenenado sua gatinha
Geral
Mega-Sena pode pagar R$ 60 milhões no sorteio desta quarta
Geral
Homem cai dentro do córrego durante caminhada

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro