Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Comboio com 3 milhões de maços de cigarro deixa MS com destino ao DF

28 novembro 2011 - 12h16Simão Nogueira

O comboio de 11 carretas carregadas com três milhões de maços de cigarro deixou Campo Grande na manhã desta segunda-feira (28) com destino a Brasília. A mercadoria contrabandeada será incinerada em um mutirão nacional em comemoração ao Dia Nacional de Combate à Pirataria e Biopirataria, no próximo dia 3 de dezembro.

Segundo a delegada adjunta da Receita Federal, Adalgisa Fugita, as mercadorias foram apreendidas no segundo semestre deste ano nas regiões dos municípios de Campo Grande, Nova Alvorada e Três Lagoas durante as operações Agata 3, Sentinela e Leão no Asfalto.

Durante o trajeto, o comboio será acompanhado por policiais rodoviários federais. Além da PRF, integram a operação o CMO (Comando Militar do Oeste), Base Aérea de Campo Grande, Procuradoria da Fazenda Nacional, Corpo de Bombeiros, Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Polícia Civil e Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul). Toda a operação envolve 100 homens, de acordo com a delegada adjunta da Receita.

Esse é o segundo comboio de produtos contrabandeados que deixa o Estado com destino a Brasília. Ele deve chegar na capital federal na terça-feira (29). O primeiro, formado por dez veículos, saiu na semana passada e ainda há previsão de saída de mais dois comboios de Campo Grande, de acordo com a Receita Federal.

Além dos cigarros, serão levados para destruição em Brasília produtos contrabandeados como: óculos, CDs e DVDs.

De acordo com a DRF, as apreensões por contrabando e descaminho tiveram salto de R$ 43 milhões em 2007 para R$ 110 milhões até agora em 2011. Somente as apreensões de cigarros contabilizaram R$ 7,88 milhões em 2007 contra R$ 37 milhões, de janeiro a outubro de 2011.

Dados da Receita Federal apontam que a região Centro-Oeste é a principal porta de entrada de mercadorias contrabandeadas do Paraguai. Até 2009, o estado do Paraná era a rota mais utilizada pelos contrabandistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Famasul firma parceria em campanha de vacinação do Rotary Club Campo Grande
Geral
Rally dos Sertões continua neste sábado com ação social e show
Geral
Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 35 milhões
Geral
Sala de Situação Integrada une órgãos para controle e combate de queimadas
Geral
Mulher tem dedo amputado enquanto fazia compras
Geral
Vídeo – Incêndio no Parque dos Poderes
Geral
Confira o que abre e fecha neste feriadão
Geral
Emha recebe prêmio nacional de habitação em Foz do Iguaçu
Geral
Fácil do Aero Rancho passa por reforma e Águas Guariroba reduz atendimento
Geral
Onça é flagrada em rodovia e assusta motociclista

Mais Lidas

Polícia
Polícia apresenta acusado de estupro e roubo no Jardim Carioca
Polícia
Família encontra jovem morto e suspeita é de suicídio
Polícia
Confusão em tabacaria da Moreninha termina em morte
Polícia
Rapaz é contatado por aplicativo para fazer corrida e desaparece