Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Confira o que abre e fecha na Capital neste feriado da Proclamação da República

14 novembro 2010 - 09h51
Nesta segunda-feira (15), feriado da Proclamação da República. Os órgãos públicos não funcionarão, somente os considerados serviços essenciais como unidades de saúde e segurança. Os bancos também fecham dia 15 e retornam o expediente normal na terça-feira (16). Na área centra da Capital, a maioria das lojas deve funcionar. Para isso, os empresários terão que pagar bônus equivalente a 7% do piso salarial da categoria, que representa R$ 42,00, e conceder uma folga. Os trabalhos nos shoppings também não serão diferentes, as lojas em sua maioria abrirão. Os supermercados também não fecham. Os trabalhadores vão receber R$ 30,00, hora extra e uma folga. O Hemosul não funcionará na segunda-feira, mas atende neste sábado (13) até às 12h30. Fonte: Capital News
Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Marquinhos lança campanha de vacinação para cães e gatos
Geral
Reinaldo vai aguardar texto final para aderir ao plano Mansueto
Geral
“Criminalização da homofobia pode gerar situações injustas”, diz Lídio Lopes
Geral
Shopping realiza sessão de cinema para crianças com distúrbios sensoriais
Geral
Drenagem do lago maior do Parque das Nações Indígenas começa na próxima semana
Geral
Zezé di Camargo quer ajudar a fortalecer "Cota Zero", em Mato Grosso do Sul
Geral
“Polícia estruturada ajuda na preservação”, diz Reinaldo ao entregar equipamentos à PMA
Geral
Produtos para festas juninas tem variação de até 309%
Geral
Reinaldo incentiva ampliação de voos e redução no preço de passagens
Geral
Leilão beneficente vai adotar pacientes para tratamento em equoterapia

Mais Lidas

Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Internacional
Vídeo mostra mulher despencando de brinquedo em parque de diversões
Cidade
Sem qualquer indicativo de velocidade, radar funciona desde março
Brasil
Menino é assaltado enquanto vendia doces na rua e internautas se comovem