Menu
Busca quinta, 18 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Coringa manifestará ações contra Energisa

Deputado Coringa organiza manifestações para cobrar explicação sobre altas taxas na conta de luz; vereador promove reunião na Câmara

22 janeiro 2019 - 08h49Da redação

Os consumidores sul-mato-grossenses estão boquiabertos com o aumento das tarifas na conta de energia recebidas no mês de janeiro. As faturas causaram reações e reclamações de consumidores que consideraram os valores altos e fora dos padrões de consumo.

Diante da situação, o deputado federal Ademar Vieira Júnior, o “Coringa”, do PSD, disse ao JD1 Notícias que a equipe está organizando manifestações junto a líderes dos municípios, onde será colhido assinaturas e haverá cobrança de explicações da concessionária Energisa. “Hoje, vai ter uma manifestação em Dourados, em frente a empresa, nós vamos fazer a coleta de assinaturas e enviar junto a um documento ao Ministério Público Estadual. Neste documento iremos questionar a questão do aumento e cobrar explicações da empresa”, disse o deputado.

Para "Coringa" a participação da população é fundamental, “temos que nos unir, manifestos sem a participação dos moradores fica sem sentido”. O manifesto deve ocorrer em Dourados, Fátima do Sul, e Campo Grande.

O vereador Valdir Gomes também entrou na "briga” e organizou uma reunião já divulgada que deve ocorrer  às 9h da próxima sexta-feira (25), no Plenário Oliva Enciso, na Câmara Municipal de Campo Grande. “ Estamos solicitando a presença de representantes da Concessionária de distribuição de energia elétrica, Energisa - MS, para dar explicações sobre as razões para os aumentos tarifários expressivos e apresentar a composição da conta de energia elétrica”.

A manifestação organizada pelo deputado Coringa na capital deve ocorrer nos próximos dias, segundo ele.

Sobre o assunto, a concessionária divulgou em nota oficial, que as altas temperaturas registradas em Mato Grosso do Sul, principalmente no último mês de dezembro, causaram elevação do consumo de energia dos clientes da concessionária, já que essa alteração que está sendo percebida nas contas de energia do mês de janeiro, é referente ao período de dezembro. Além do fato citado anteriormente, o recesso escolar naturalmente provoca aumento de consumo quando se refere a instalações residenciais.

A nota ainda diz que, em dezembro do ano passado, o consumo de energia foi recorde. Este comportamento pode ser explicado por um aumento na temperatura média em torno de 4% (fonte CPTEC/INPE), com horário de pico registrado por volta das 15h. Em 23 dias do mês de dezembro, a temperatura superou 25 graus, quando em novembro do mesmo ano, somente 14 dias ultrapassaram essa marca.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Unesul, São Luiz e Eucatur são autuadas por não concederem gratuidade a idosos
Geral
Ministério divulga regras para policiamento comunitário
Geral
PRF inicia a "Operação Semana Santa" nas rodovias federais de MS
Geral
Siqueira contesta financiamento para beneficiar caminhoneiros
Geral
Fiems apresenta projeto e firma parceria com Prefeitura de Ponta Porã
Geral
Guarda Metropolitana atua em esquema especial para evitar "massacres"
Geral
“Ponto de equilíbrio da democracia brasileira”, diz Reinaldo sobre o Exército
Geral
Vídeo - Em encontro sustentável, secretário de Marquinhos cai de patinete
Geral
Curso grátis de fotografia é aberto no MIS
Geral
Três academias são interditadas em Campo Grande

Mais Lidas

Polícia
Esposa foge com pastor levando dinheiro e carro do marido
Polícia
Vídeo mostra momento que major é assassinado
Geral
Vídeo - Em encontro sustentável, secretário de Marquinhos cai de patinete
Polícia
Mãe de Kauan pode perder guarda de mais dois filhos