Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Geral

Coronel Renato dos Anjos Garnes assume Comando da PM

À frente da corporação, coronel está há 20 anos na carreira militar

26 janeiro 2023 - 10h35Sarah Chaves, com informações da Assessoria    atualizado em 26/01/2023 às 10h49

O coronel Renato dos Anjos Garnes assumiu o comando da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul no fim da tarde de quarta-feira (25), e conduzirá a instituição ao lado da subcomandante, coronel Neidy Nunes Barbosa Centurião.

Renato dos Anjos Garnes substitui o coronel Marcos Paulo Gimenez, que estave à frente da corporação desde maio de 2020 e passa a ser o chefe da Casa Militar. 

O governador Eduardo Riedel destacou as qualificações dos novos comandante e subcomandante. “O Coronel Renato é uma pessoa muito experiente. Conhece profundamente as operações da Polícia Militar e o que ela precisa para seguir um ritmo de desenvolvimento com o único objetivo, de como é o lema da Polícia Militar, de servir e proteger o cidadão e cidadã sul-mato-grossense. Então, tenho certeza de que é uma pessoa de absoluto compromisso, com essa missão, conhecedor da estrutura da corporação, junto com a Coronel Neidy, primeira mulher a subcomandar a Polícia Militar do Estado”, disse.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, afirmou ter certeza de que o Coronel Renato dos Anjos Garnes fará uma gestão de excelência no comando da Polícia Militar. “Espero que Mato Grosso do Sul seja referência, não apenas na segurança pública, mas próspero e inclusivo. Não vamos só manter os números da segurança pública, mas melhorar as entregas à população de Mato Grosso do Sul. Os resultados são frutos da integração em prol do Brasil. O senhor (Coronel Renato) fará uma gestão de excelência, no nível que merece a população de Mato Grosso do Sul”.

Renato Garnes

O coronel Renato Garnes ingressou na carreira militar em 1993 como soldado do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul e, em 1995, assumiu novo concurso como oficial da Polícia Militar.

Foi comandante de Pelotão, chefe da Seção de Operações da 2ª CIPM (Corumbá); comandante de Pelotão em Dourados; comandante da 4ª Cia PMA/15° BPMA em Bonito; subcomandante do 15° BPMA e comandante da 4ª Cia PMA de Bonito; assessor militar da antiga Semagro (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar); assistente subcomandante geral PMMS; e comandante do 9º BPM- Campo Grande.

Ficou à disposição do Ministério da Justiça e Segurança Pública, prestando serviço junto à Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) e foi assessor militar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, até assumir o subcomando da PMMS em maio de 2020, ao lado de coronel Marcos Paulo Gimenez.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

 

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio salta para R$ 47 milhões
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Justiça
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Imagem: Arquivo/
Justiça
PGE recorre para manter acordo de desmatamento no Parque dos Poderes
Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Justiça
TCE-MS orienta gestores sobre condutas vedadas em ano eleitoral
 José Márcio Ferreira Dos Santos na viagem de 2016
Geral
Passando por 14 países, empresário irá ao Alaska sobre duas rodas
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 24/05/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 24/05/2024
Silas e Aysla foram mortos por engano
Geral
Justiça aceita denúncia e torna réus acusados de morte de adolescentes na Capital
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Justiça
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Dos R$ 6 milhões desviados, Gaeco recuperou R$ 800 mil até as primeiras horas da investigação
Justiça
Para 'desbaratar' grupo de Cezário, Gaeco fez monitoramento em campo

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil