Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo coronavirus 03
Geral

CRM suspende médico acusado de mutilar pacientes em cirurgias

23 maio 2012 - 09h53Marcelo Victo

Acusado de mutilar pacientes durante cirurgias plásticas, o médico Alexsandro de Souza recebeu nova punição do CRM (Conselho Regional de Medicina). Ele foi punido com suspensão do exercício profissional por 30 dias, o prazo vai de 22 de maio a 22 de junho.

A punição disciplinar foi por má conduta profissional na condução de cirurgia plástica, resultado ruim de cirurgia, delegação de ato médicos a terceiros e atribuição de insucesso médico a terceiros.

Em outro processo no CRM, o médico já tinha sofrido uma interdição cautelar, mas, em abril deste ano, uma liminar da 4ª Vara da Justiça Federal autorizou que ele voltasse a exercer a profissão. Alexandro foi impedido pelo CRM de atuar como médico em 2010. A decisão foi prorrogada. O diploma dele também havia sido cassado.

De acordo com o assessor jurídico do conselho, André Borges, a liminar não tem efeito sobre a suspensão de 30 dias, por se tratar de processos distintos. Ambos tramitam sob sigilo.

O médico é acusado de ser o responsável pela morte de uma jovem de 24 anos, ocorrida após uma cirurgia de lipoaspiração em junho de 2008, em Fátima do Sul, e ainda, de mutilar mulheres submetidas a cirurgias plásticas.

Via Campograndenews

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Geral
Licenciamento de veículos pode ser emitido online
Geral
Blogueira de MS afirma estar com Covid-19 e faz “recebidos” de vitaminas
Geral
Após ser picado por naja, Pedro recebe alta e deve depor na terça
Geral
Caixa paga 1ª parcela do auxílio emergencial para aprovados em junho
Geral
Procon-MS encontra raio-X a R$ 11 em clínica e a R$ 110 na Ultramedical
Geral
Jovem morre após ser arremessada de veículo durante acidente
Geral
Bloqueio na Bolívia continua e fila de caminhões aumenta na Bioceânica
Geral
Emponderamento que chama? Mulher soca homem que a chamou de delícia
Geral
Mega-Sena não tem ganhador e acumula em R$ 44 milhões

Mais Lidas

Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Polícia
MP é contrário a liberdade de jovem que matou namorada em acidente