Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Cronograma de obras do Reviva 2019 é apresentado

Operários trabalham em horário noturno e com ritmo acelerado

23 dezembro 2018 - 16h00Da redação

A prefeitura de Campo Grande e a empresa executora da obra, Engepar Engenharia, apresentaram na semana passada, em coletiva de imprensa, o cronograma de execução das obras de requalificação da rua 14 de Julho para o ano que vem, definido pela empreiteira.

Conforme a prefeitura, as equipes de obras estarão a postos no dia 2 de janeiro, em ritmo ainda mais acelerado. Novas frentes de trabalho serão iniciadas e haverá inclusão do segundo turno de trabalho (estendido até às 22 horas), visando diminuir o tempo de impacto no comércio e o prazo de finalização das obras.

O cronograma estimado pela Engepar leva em consideração o período de chuvas previsto pelo serviço de meteorologia, mas caso essa previsão não se concretize, podem ocorrer atrasos, já que não é possível executar obra com chuvas.

Com a estimativa de entrega no final de 2019, segue abaixo o cronograma previsto de início das obras:

Janeiro

• Obras nas calçadas nas quadras 1, 2 e 3, instalação do piso fulget e cabeamento subterrâneo (Entre a Fernando Corrêa da Costa e 15 de Novembro);
• Obras nas calçadas nas quadras 7 e 8, entre as ruas Dom Aquino e Maracaju;
• Esgoto na Avenida Afonso Pena (obras nas esquinas com fechamento parcial da via na primeira quinzena do mês);
• Fechamento da quadra 4 (entre a rua 15 de Novembro e Avenida Afonso Pena) para a execução da infraestrutura elétrica.
• Fechamento da Avenida Afonso Pena para a execução de drenagem (pista sentido Parque dos Poderes), na segunda quinzena do mês.
• Serviço de esgotamento sanitário nas calçadas na quadra 5, entre Avenida Afonso Pena e Barão do Rio Branco;

Fevereiro

• Fechamento Avenida Mato Grosso, sentido centro-bairro, para a execução de drenagem.

Março

• Obras de drenagem entre as ruas Maracaju e Mato Grosso (fechamento total do trecho);
• Instalação da rede de esgoto entre a Avenida Afonso Pena e a rua Barão do Rio Branco;
• Obras nas calçadas nas quadras entre as ruas 26 de Agosto e 15 de Novembro.

Abril

• Liberação da Avenida Afonso Pena;
• Obras de drenagem entre a Avenida Afonso Pena e Barão do Rio Branco;
• Obras da rede de esgoto entre a Barão do Rio Branco e Dom Aquino;
• Obras nas calçadas entre as ruas Dom Aquino e Maracaju;
 
Maio/Junho e Julho

• Execução da drenagem entre a Avenida Afonso Pena e Rua Dom Aquino (fechamento do trecho);
• Execução da drenagem entre a Rua Maracaju e Avenida Mato Grosso (fechamento do trecho)

Agosto

• Rua 14 de Julho sem interdições na via;
• Obras nas calçadas nas quadras entre a Avenida Afonso Pena e rua Dom Aquino; e entre a rua Maracaju e Avenida Mato Grosso.

Setembro/Outubro e Novembro

• Remoção de postes da Energisa;
• Ativação da rede subterrânea;
• Instalação da arborização, luminárias e mobiliário urbano.

A todo o momento será garantido o acesso das pessoas aos estabelecimentos comerciais e residências lindeiras às obras. O acesso será realizado por meio de passarelas metálicas, quando necessário.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Massacre em Suzano completa uma semana
Geral
Prefeito e governador entregam moradias no loteamento Bom Retiro
Geral
Drogasil e Drogaria São Leopoldo são autuadas pelo Procon
Geral
Superlua poderá ser vista hoje nas américas do Sul e Norte
Geral
Representantes de TV aberta discutem novas tecnologias na Fertel
Geral
DeMolay’s serão homenageados quinta-feira, na Assembleia
Geral
PSDB Mulher cobra posição da bancada feminina no Congresso
Geral
Três vítimas do massacre em Suzano continuam hospitalizadas
Geral
Ex-governador do Paraná, Beto Richa, é preso pela terceira vez
Geral
Mais de três toneladas de materiais são recolhidos em ação contra o aedes

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira
Polícia
Adolescente é estuprada por quatro homens em Aquidauana