Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Geral

Depois de cinco anos interditado, Guanandizão passará por reforma

Obra deve começar no primeiro trimestre de 2019, deve ser concluída em oito meses a partir da ordem de serviço

13 dezembro 2018 - 18h16Da redação com assessoria

A responsável pela reforma e revitalização do Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, será a “Ajota Engenharia e Construção Ltda”. Interditado há cinco anos e que deve ser reaberto dentro das comemorações do aniversário de Campo Grande, em 2019.

O resultado da licitação foi divulgado  na edição desta quinta-feira (13) do Diário Oficial do Município (Diogrande). A disputa na concorrência reduziu em 18,75% o preço de referência do projeto, gerando uma economia de R$ 434.538,29. De R$  2.3156.740,11, o custo da obra caiu para R$ 1.881.538,29.

O projeto é resultado da parceria da Prefeitura com o Governo do Estado. O projeto elaborado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos prevê reforma completa das instalações elétricas, orçada em R$ 470,3 mil (25% do custo total); substituição do piso da quadra (R$ 352 mil); pintura geral (R$ 404 mil ) e novo paisagismo (R$ 106 mil).

Serão feitos ainda reparos e vedação de buracos na cobertura, instalação de tela de proteção em torno do ginásio (para evitar a proliferação de pombas), revitalização do piso interno, substituição do vinil da quadra, reforma e execução de calçada externa com acessibilidade, regularização e pintura das quadras de esporte externas, entre outras benfeitorias. A obra, que deve começar no primeiro trimestre de 2019, deve ser concluída em oito meses a partir da ordem de serviço.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mazzotti destaca combate a corrupção ao assumir o comando da PF
Geral
Despejo clandestino de esgoto nos córregos é combatido pela prefeitura
Geral
DOF apreende quase 400 caixas de narguilé
Geral
Estudantes distribuem mais de 200 mudas frutíferas
Geral
Combate ao aedes é intensificado em 12 bairros
Geral
Marcola, líder do PCC, é transferido para presídio federal em Brasília
Geral
Agora é Lei: assistentes sociais vão trabalhar 30 horas semanais
Geral
Saúde do trabalhador de enfermagem será debatida em audiência
Geral
Trabalhadores protestam contra reforma da Previdência
Geral
Leroy Merlin é autuada por divergência de preços

Mais Lidas

Oportunidade
JBS tem 30 vagas em Campo Grande
Polícia
Adolescentes desaparecidas são encontradas em SP
Geral
Trabalhadores protestam contra reforma da Previdência
Opinião
Contemporaneidade ou pré-julgamento?