Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Geral

Deputados discutem a regulamentação do trabalho de motoristas de aplicativo

Devem participar do evento os deputados federais Beto Pereira e Augusto Coutinho (Republicanos-PE), relator da proposição na Câmara em Brasília

27 maio 2024 - 09h10Sarah Chaves, com informações da assessoria

Para debater o Projeto de Lei Complementar (PLP) 12/2024, que tramita na Câmara dos Deputados, o presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Gerson Claro (PP) e o deputado estadual Paulo Duarte (PSB), fizeram a proposição de uma audiência pública para esta quarta-feira (29), a partir das 14h no plenário Deputado Júlio Maia e será aberta ao público.

A proposta define diretrizes trabalhistas aos motoristas de aplicativos que atuam no transporte remunerado privado individual de passageiros no país. O PL 12/2024 versa sobre o direito a jornadas de trabalho e proteção de direitos trabalhistas e previdenciários.

Entre as medidas propostas, a remuneração mínima para os trabalhadores é calculada de forma proporcional ao salário-mínimo vigente, atualmente de R$ 1.412. Essa remuneração mínima é estabelecida em R$ 32,10 por hora trabalhada, considerando apenas o período de corridas, excluindo os momentos de espera. Do montante total, R$ 8,03 se referem aos serviços prestados, enquanto os outros R$ 24,07 são destinados a cobrir despesas como celular, combustível, manutenção do veículo, seguro, entre outros custos operacionais.

Conforme o texto,  as empresas deverão recolher as contribuições previdenciárias, com o propósito de garantir a inclusão previdenciária dos trabalhadores. Entre os benefícios previstos estão direitos como o auxílio-maternidade.

A audiência será transmitida ao vivo, pelos canais oficiais de Comunicação do Parlamento Estadual: TV ALEMS (canal 7.2), Rádio ALEMS (FM 105.5), YouTube e Facebook. Também devem participar do evento os deputados federais Beto Pereira (PSDB-MS) e Augusto Coutinho (Republicanos-PE), relator da proposição. 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Pixabay
Geral
Festival do Vinho terá degustação aberta ao público dia 28 de junho na Capital
Foto: Rovena Rosa Agência Brasil
Geral
Enel confirma investimento de R$20 bilhões para acabar com apagões no Brasil
Governador Eduardo Riedel ao lado do prefeito de Batayporã, Germino Roz
Geral
Investimento de R$ 23,3 milhões deve solucionar enchentes em Batayporã
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Geral
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Geral
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Governador Eduardo Riedel na 46° edição da Expotrês
Geral
Na Expotrês, Riedel elogia inovações que aumentam produtividade do agro
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
Geral
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Geral
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Geral
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado
Geral
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima