Menu
Busca segunda, 26 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Geral

Fiel denuncia casos de abuso sexual e omissão dentro da El Shaddai

Conforme relato, delitos teriam ocorrido durante células, com imposição de "regime de silêncio" pela congregação

29 novembro 2023 - 10h54Sarah Chaves    atualizado em 29/11/2023 às 16h27

Uma denúncia de abuso sexual e estupro envolvendo membros de uma igreja em Campo Grande, aponta líderes de célula, pastores e toda uma congregação que estariam impondo regime de silêncio às vítimas.

De acordo com uma das supostas vítimas que enviou seu relato ao JD1 Notícias, os casos de abuso/estupro são de conhecimento da igreja El Shaddai. "[Mas] são tratados como erros e as vítimas são induzidas a não denunciar, para não comprometer a congregação. Toda diretoria da Igreja sabe (inclusive, existem delegados e pessoas MP, que fazem parte da igreja, por isso o temor em fazer a denúncia, tanto minha quanto de outros que são vítima", contou.

A denunciante, que não será identificada, contou ainda que um líder de célula de jovens de uma das sedes da IES, que tem como pastor e chefia direta um vereador, chegou a ser afastado após ser flagrado abusando sexualmente dos discípulos, todos adolescentes ou jovens adultos. "Usando da posição de liderança, deixava os meninos nus para sessões de cura e libertação, entre outras práticas não ortodoxas. e com mais de um dos meninos.  A diretoria da igreja afastou o líder, mas não denunciou, impondo regime de silêncio"

O relato ainda traz o caso onde uma adolescente de 15 anos teria confessado na frente de várias pessoas da igreja, o abuso que sofreu e conduta foi tratada como espiritual, na ocasião, o abusador, irmão do pastor de uma das sedes, foi expulso, no entanto, a ordem é sigilo absoluto.

Outros pontos da denúncia, é a omissão de atitude frente a tais atos, que são tratados como desvio de caráter, influência do demônio ou devaneios adolescentes, ao invés de ações criminosas. "A igreja tem pessoas de destaque e grande prestígio na cidade. Mas ao agirem dessa forma, ao invés de tratar o problema, protegem os próprios. Talvez as vítimas queiram falar, mas o medo e a lei da mordaça imperam", escreveu.

Igreja

O JD1 Notícias entrou em contato com a diretoria e liderança geral da igreja. O pastor da sede da Mata do Jacinto, vereador Papy, cujo discípulo foi citado, afirma que o homem foi afastado das funções e a família foi orientada a denunciar. "E o único caso a nós relatado, a vítima e seus pais preferiram não denunciar.  Porém sem nenhuma influência da igreja ou de mim. Ao contrário", escreveu.

Já no caso envolvendo o irmão de um outro pastor, Papy afirma que a confissão não foi feita na frente de várias pessoas e sim em particular e a mãe da adolescente também foi orientada e fez a denúncia aos órgãos competentes.

"Nossa posição oficial é sempre afastar das funções, acolher a vítima e sua família em todas áreas, mas a denúncia é oferecida sempre para vítima. Mas a instituição estatutariamente não responde solidariamente com ações cometidas por seus membros. Isso é importante. Em todos os casos que envolvem crimes e não só pecado, a igreja oferece a possibilidade de denúncia oficial, porque nós não podemos julgar e nem agir nestes casos", alegou.
 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeitura de Campo Grande divulga gabarito e resultado do concurso para professores
Geral
Fernando Haddad testa positivo para covid-19
Geral
Decreto prevê pagamento subsídio a servidores removidos de município para município em MS
Educação
Riedel sanciona lei que assegura matrícula de irmãos na mesma escola em MS
Geral
Obra de pavilhão militar em Campo Grande custará mais de 4 milhões de reais
Justiça
Justiça mantém preso homem que cometeu duplo homicídio por ciúmes em Campo Grande
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 26/02/2024
Geral
Ponta Porã recebe mais de R$ 100 mi para rodovias e restauração de prédio histórico
Geral
E vai subindo: Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena sobe para R$ 120 milhões
Geral
Quer aprender a tocar instrumentos musicais? Projeto está com inscrições abertas

Mais Lidas

Polícia
AGORA: Casal morre após carro bater em carreta na BR-163, em Campo Grande
Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Cantor apanha após dançar com mulher durante baile em chácara do Bonança
Polícia
Cadeirante é encontrado morto em avançado estado de decomposição